João Almeida desqualifica relato de comerciante que o denunciou por agressão

Mesmo sem muita vontade de abordar o tema, o vereador João Almeida (PMDB) comentou, no programa Paraíba Agora, da 101 FM, a denúncia feita contra ele pelo comerciante Melquíades Nascimento. Acusado de ameaça e invasão de domicílio, João negou ter praticado atos violentos para cobrar o pagamento de um veículo importado vendido ao filho de Melquíades, David Wagner, e disse que a versão apresentada por ele à imprensa e à polícia não tem cabimento:

– Quem acredita em mula sem cabeça, saci pererê e coelhinho da páscoa, que entre nessa conversa aí. Eu estou preocupado em trabalhar por João Pessoa e acho que há mais coisas interessantes para se discutir que essas aberrações. As providências cabíveis eu já estou tomando. Eu sei que vou tomar as medidas judiciais cabíveis. Esse cara da Casa dos Fotógrafos está usando meu nome indevidamente. Ele sabe o filho que tem e eu estou preocupado com outras coisas. Estou envolvido com o trabalho parlamentar, estou empolgado, voltei à Câmara com muita vontade de trabalhar.

Melquíades Nascimento diz que João teria invadido sua fazenda, no município de Mulungu, no último dia 7, armado, para cobrar o pagamento de um veículo comprado pelo filho do comerciante. Como o automóvel não se encontrava no local, ele, armado, teria ameaçado o rapaz.

– Acho que ele não tem as condições psicológicas normais. Ele queria falar com meu filho à força porque teria feito um negócio com um veículo que ainda estava pendente e estava acompanhado de seis capangas. Eles invadiram minha fazenda de arma em punho, disseram que se encontrassem meu filho, iam bater e iam mata-lo. Estamos representando o vereador junto à delegacia em Mulungu e vamos ver o que vai acontecer.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.