Instalação de passarela interdita tráfego da BR-230 nesse domingo

A BR-230 será interditada no próximo domingo (20), durante todo o dia, na altura da Faculdade Asper, no Bairro João Agripino. O objetivo é a instalação da parte aérea da passarela metálica. De acordo com informações da Secretária Municipal de Infraestrutura (Seinfra), a montagem esta em fase final e vai estar pronta até o final deste mês. Já a segunda passarela, instalada na altura do Centro Administrativo Municipal (CAM), no Bairro de Água Fria, deverá ser concluída no final de abril.

A interdição será feita nos dois sentidos da BR-230, das 5h30 às 17h. Devido à interdição, o tráfego de veículos ficará lento. Os motoristas poderão utilizar a via lateral de acesso ou buscar vias alternativas. A Seinfra contará com a parceria da Superintendência de Transportes e Trânsito (Sttrans) e da Polícia Rodoviária Federal. Os agentes darão o suporte na organização e segurança do trânsito na via para minimizar os transtornos       à população.

Esta semana os serviços estão concentrados na instalação das rampas laterais, que darão suporte para a montagem da parte aérea que liga os dois sentidos da BR-230. A parte aérea da passarela esta sendo montada no solo, inclusive a concretagem do piso e as proteções laterais. A estrutura será erguida com o auxílio de dois guinchos e instalada no alto da via. Segundo o secretário da Seinfra, Hermes Felinto, é preciso posicionar os caminhões guinchos nos dois sentidos da via, por isso a necessidade da interdição total da BR.

Segundo ele, após a colocação da parte aérea serão necessários apenas alguns ajustes e a parte de acabamento, como por exemplo a execução da concretagem da parte superior da passarela, bem como a pintura de toda a peça.

Melhoria na acessibilidade – As instalações das duas passarelas é uma iniciativa do Governo Municipal dentro dos projetos de melhoria na área de acessibilidade, incluídas no Plano de Ações Integradas (PAI). O valor do investimento é de mais de R$ 1.664.000,00. A instalação das passarelas dará maior segurança aos moradores, trabalhadores e estudantes das áreas beneficiadas. Segundo Hermes Felinto, serão muitos os beneficiados já que a travessia da via é feita por pessoas que residem, estudam ou trabalham em grandes equipamentos como a Agência dos Correios, CEASA e Faculdade Asper, no Bairro João Agripino.

As duas passarelas seguem o mesmo padrão adotado no equipamento instalado na avenida Dom Pedro II, são metálicas, têm cobertura, proteções laterais e rampas para facilitar o acesso de portadores de deficiência. Para a instalação dos equipamentos os técnicos da Prefeitura levaram em conta o fluxo de pedestres de veículos. “A Prefeitura tem adotado ações que buscam melhorar os meios de locomoção da população com maior segurança e facilidade”, enfatizou o secretário.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.