Informado da morte da mãe, jornalista paraibano segura emoção e continua narrando jogo

Ninguém está preparado para perder a mãe, principalmente na véspera da celebração do dia delas e, como se não bastasse, ficar sabendo de sua partida na hora em que se está transmitindo uma partida de futebol. Foi o que aconteceu com o jornalista e narrador esportivo paraibano, Romildo Nascimento.

Dona Josefa Lima do Nascimento, carinhosamente chamada de “Dona Nicinha”, faleceu na noite desta quinta-feira (6), em decorrência de um problema hepático. Ela estava internada no Hospital de Trauma de Campina Grande.

Romildo disse ter recebido a informação sobre o falecimento de sua mãe uns cinco minutos após o início do segundo tempo do jogo entre Treze e Nacional de Patos, realizado no Estádio Amigão, em que narrava.

Somente depois do final da partida é que o jornalista comunicou sobre a morte da mãe aos colegas e ouvintes.

 

Ele disse que foi a transmissão mais triste, mais dura, de toda sua vida. “Eu não imaginei que um dia isso pudesse acontecer. A gente está nessa vida pra essas coisas, perder alguém querido, mas eu não imaginava que fosse em plena transmissão. E em respeito aos ouvintes, patrocinadores, à toda a equipe, eu não tive como parar, tive que continuar, mas agora, já terminada a partida, deixo de ser o Romildo narrador e passo a ser o Romildo filho de Dona Nicinha. E agora eu vou dar o meu último abraço, meu último adeus a minha querida mãe”, disse emocionado.

Romildo já tem mais de 30 anos narrando jogos em Campina Grande. Ele foi, por muito tempo, narrador na antiga Rádio Borborema e trabalha há muitos anos na Cariri.

1 comentário

  • ANTONIO FERREIRA LIMA NETO
    11:12

    Lamentável….. Nossa SOLIDARIEDADE ao jornalista Romildo Nascimento!!!

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.