Impeachment de Leto: Comissão começa ouvir testemunhas hoje em sigilo

A Comissão Processante da Câmara Municipal de Cabedelo começa hoje a ouvir as testemunhas no processo de impeachment do prefeito afastado Leto Viana, que está em tramitação na Casa.

O primeiro a depor será o presidente do sindicato dos servidores Alessandro Batista, testemunha dos denunciantes.

Apesar da comissão processante ter decretado o sigilo, os denunciantes entendem como abusiva essa medida e conclama a todos, em especial a imprensa paraibana para acompanhar os depoimentos.

“Trata-se de uma medida desnecessária, arbitrária e tem o claro propósito de esconder da sociedade os procedimentos da comissão e que nos dá razão quando questionamos: quem se beneficia com esse sigilo? Quem na verdade a comissão processante quer proteger? A sociedade ou os denunciados?”, questiona Marcos Patrício (PSOL), autor do pedido de impeachment.

A transparência de um processo tão importante não pode estar limitada a fixação de atas no mural da Câmara Municipal, como alega o vereador Evilásio Cavalcante, presidente da comissão.

“Este é um conceito arcaico de transparência já superado pela Lei Federal 12527 /11 e de quem parece desconhecer a existência de redes sociais”, resssaltou Marcos Patrício.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.