Hospital de Trauma de Campina realiza primeira captação de coração para doação

 

O Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande realizou na madrugada desta segunda-feira (19) a primeira captação de coração para doação. A doadora é uma adolescente de 16 anos, da cidade de Barra de Santa Rosa, que morreu em consequência de acidente de motocicleta.

A adolescente deu entrada no Trauma na quinta-feira (15) e teve morte encefálica confirmada na última sexta-feira (16).

Além do coração, também foram captados fígado, rins e córneas.

Os órgãos captados foram transportados por uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) até a cidade de Recife (Pernambuco), com exceção das córneas, que ficarão na Paraíba.

A Coordenadora de Enfermagem do núcleo de captação de Campina Grande, Juliana Alves Pinto, disse que esta segunda foi um dia histórico para Campina e para o núcleo de captação da cidade.

“Hoje é o marco importantíssimo, onde foi feita a primeira captação de coração dessa unidade hospitalar”, destacou.

Os receptores de coração e fígado, segundo ela, já estão definidos.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.