Hospital de Clínicas tem 100% de ocupação de leitos de UTI em Campina Grande

O Hospital de Clínicas de Campina Grande atingiu na noite desta quinta-feira (6), sua ocupação máxima dos leitos de UTI. Todos os 60 leitos do hospital destinados a Unidades de Terapia Intensiva estão ocupados com pacientes em tratamento contra a Covid-19.

Essa é a quinta vez que a unidade registra 100% de ocupação nos leitos de UTI. A primeira vez foi registrada em dezembro de 2020, e mais três vezes no mês de março deste ano, quando o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, ampliou a quantidade de leitos do hospital para sua capacidade total, que é de 113.

De acordo com o último censo do hospital, a enfermaria conta com 25 dos 40 leitos ocupados, e a Unidade de Decisão Clínica, tem oito dos 13 leitos com pacientes.

Segundo o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde divulgado nesta quinta-feira (06), Campina Grande apresentava uma taxa de ocupação total de 71% nos leitos de UTI adulto, número superior a média do estado, que está em 61%.

“Mesmo com o declínio na taxa de ocupação de UTI em todo o estado, o Hospital de Clínicas nunca apresentou uma taxa de ocupação menor que 80%. Isso mostra a preferência dos pacientes e municípios pelo HC, que tem reconhecidamente uma equipe humanizada e extremamente comprometida com cada um que passa por ali”, esclareceu Dr Jhony Bezerra, diretor geral do Hospital de Clínicas.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.