Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Hospital de Clínicas inicia cirurgias de redução de mama pelo Opera Paraíba

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O Hospital de Clínicas de Campina Grande, que integra a rede hospitalar do Governo do Estado, realizou a primeira cirurgia para redução mamária. O procedimento foi executado através do programa Opera Paraíba, sob o comando das médicas mastologistas Thássia Mariz e Ana Lívia Balduíno.

A paciente foi uma mulher de 39 anos, que sofria com dores na coluna devido ao peso das mamas. De acordo com a diretora-técnica da unidade, Vívian Rezende, o procedimento é indicado apenas para casos em que os seios grandes prejudicam o bem-estar e a saúde das pacientes. Cirurgias para fins estéticos não são realizadas através do programa.

“A indicação da mamoplastia redutora é especificamente para mulheres que apresentam problemas como dores nas costas, dores no pescoço e ombros causadas pelo peso das mamas. Outras indicações incluem a irritação da pele abaixo do sulco da mama e depressão nos ombros no ponto que sustenta as alças do sutiã”, explica.

A cirurgia de redução das mamas é complexa, com duração de cerca de 4 horas, e é realizada por meio da retirada do excesso de gordura, tecido mamário e pele de determinada região da mama. Em seguida, é feito o remodelamento, conferindo à mama seu formatado natural de cone, e reposicionando a aréola.

“No procedimento, fazemos a retirada do excesso de tecido mamário e seu reposicionamento de forma que se consiga, além de diminuir o tamanho dos seios, corrigir a sua queda”, detalha a médica Ana Lívia Balduíno.

Thássia Mariz explica que os casos são avaliados individualmente. “As técnicas que utilizamos são diferentes para cada paciente, avaliando individualmente cada caso, e as opções que temos de pedículos vasculares, visando a manutenção da sensibilidade do complexo aréolo-papilar”, pontua.

Para ser atendido no programa Opera Paraíba, o usuário precisa preencher um cadastro nas USFs das Secretarias de Saúde de seu município. Essa demanda é encaminhada para a Secretaria Estadual de Saúde (SES), que faz o levantamento e direciona os pacientes de acordo com a localização para o hospital executante mais próximo.

Outra opção é por meio da internet, onde o interessado deverá acessar a plataforma operaparaiba.pb.gov.br, preencher o cadastro com as informações pessoais, e anexar seus exames e o laudo médico que confirmem a necessidade de uma cirurgia. Então, o usuário é classificado pela Central Estadual de Regulação e encaminhado para a unidade onde fará o procedimento.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

Presidente do PT é acusado de cometer etarismo contra Luiz Couto

Incidente no Restaurante Garden: entenda o que realmente aconteceu

Anteriores

chuva agua FOTO Pixabay_

Paraíba inicia semana com alertas de acumulado de chuva

Polícia apreende quatro armas em operação na cidade de Bayeux

Polícia apreende quatro armas em operação na cidade de Bayeux

faxineira limpeza FOTO Pixabay

Sine-PB oferta 447 vagas de emprego em 12 municípios paraibanos

Dia D contra a gripe - mais de 56 mil doses são aplicadas na Paraíba

Dia D contra a gripe: mais de 56 mil doses são aplicadas na Paraíba

Cineasta Toni Venturi FOTO redes sociais

Cineasta Toni Venturi morre aos 68 anos; velório será na Cinemateca

irã FOTO Pixabay

Helicóptero com presidente do Irã, Ebrahim Raisi, sofre acidente

mega sena FOTO marcello casal jr agencia brasil

Aposta de Casserengue ganha prêmio na Mega-Sena

porto alegre RS FOTO rafael neddermeyer agencia brasil

Baixa do Guaíba revela destruição e prejuízo em Porto Alegre

estrutura sao joao santa rita pb_

Prefeito sinaliza que vai descumprir recomendação do TCE-PB e realizar São João ‘milionário’

viaturas policia militar

Polícia localiza fugitivo em área de caatinga após troca de tiros em Malta