Greve do INSS completa 25 dias e servidores farão ‘enterro’ de ministro nesta terça em João Pessoa

A greve de servidores do INSS está completando nesta segunda-feira (18) 25 dias de paralisação. Na capital paraibana, para intensificar o movimento, os servidores vão realizar nesta terça-feira, 19, uma grande mobilização a partir das 7h, em frente à Agência da Previdência Social (APS) Centro, que fica na Avenida Getúlio Vargas, 47.

Às 8h30, está programada uma caminhada pelo centro da cidade até a Gerência Executiva do INSS em João Pessoa (GEX JP), localizado à Rua. Barão Abiaí, 73, onde haverá um ato público. Nessa mobilização haverá uma performance com o enterro do Ministro do Trabalho e da Previdência, José Carlos Oliveira.

A greve está presente em 26 unidades federativas (25 estados e no Distrito Federal), mas, segundo a categoria, o governo federal se recusa a admitir que há negociação visando o atendimento das pautas dos servidores. Em alguns estados a retaliação está vindo em forma de desconto nos contracheques dos trabalhadores referentes aos dias de greve de março.

Na Paraíba, estão paralisados os serviços de concessão, de assistência social, além da perícia médica do INSS.

Reivindicações da categoria:

– Concurso público para suprir a falta de servidores;

– Não ao fechamento das Agências do INSS;

– Defesa do direito ao atendimento presencial ao cidadão nas unidades do órgão;

– Recomposição salarial data-base;

– Reestruturação da carreira típica de estado para o seguro social;

– Fim dos adicionais de meta para o teletrabalho;

– Auxílio teletrabalho para o uso de internet, energia, mobiliário e equipamentos
– Jornada de 30 horas semanais para o atendimento de qualidade para a população;

– Fim da terceirização do INSS;

– Derrubada do veto de R$ 1 bilhão do orçamento do INSS.

1 comentário

  • Ana paula
    12:58

    Boa noite
    Estar havendo perícia médica?

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.