Governo instaura procedimento para investigar clubes paraibanos por desvio de recursos do Gol de Placa

O governo do Estado instaurou um procedimento de investigação preliminar para apurar irregularidades cometidas por entidades desportivas ligadas ao futebol paraibano, diante dos indícios de desvio de recursos originados do programa Gol de Placa. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (6).

A investigação será realizada pela Controladoria Geral do Estado e pela Secretaria da Fazenda.

Na portaria, o governo diz que o Ministério Público da Paraíba encaminhou a Controladoria Geral do Estado ofício informando que no âmbito da Operação Cartola, cujos desdobramentos apuraram ilícitos penais cometidos na seara dos órgãos e entidades desportivas ligadas ao futebol paraibano, foram evidenciados indícios de desvio de recursos originados do Programa Gol de Placa.

Diz também que o MPPB solicitou a CGE que tomasse as medidas cabíveis de acordo com as normas anticorrupção, objetivando a celebração de acordo de leniência no interesse do Estado.

Ainda de acordo com a portaria, quatro servidores foram nomeados para integrarem a Comissão de Procedimento de Investigação Preliminar, cujos trabalhos serão coordenados por Alexandre da Costa Rodrigues, representando a Controladoria Geral do Estado. Integram ainda a PIP os auditores fiscais José Marconi da Silva, Gláucio Robson Alves Ribeiro e Renato Neiva Montenegro.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.