Governo do RS confirma renúncia de Simon a superpensão

O governo do Rio Grande do Sul confirmou o pedido de suspensão da aposentadoria de ex-governador feito pelo senador Pedro Simon (PMDB).

Simon, que governou o Estado entre 1987 e 1990, pediu a suspensão dos pagamentos a partir de 1º de março de 2011.

O senador enviou um ofício por fax à Secretaria Estadual de Fazenda anteontem. Hoje, segundo a secretaria, uma cópia do ofício foi protocolada.

Simon acumula desde novembro o salário do Senado (atualmente de R$ 26,7 mil) com a aposentadoria de ex-governador (R$ 24,1 mil).

Além dele, outros sete ex-governadores gaúchos e três viúvas de ex-mandatários recebem a aposentadoria.

 

Folha Online

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.