Governo atrai cinco novas empresas e prevê mais 628 empregos diretos

Cinco novas empresas devem se instalar na Paraíba, garantindo a geração de 628 empregos diretos para a população de Campina Grande. A assinatura do protocolo de intenções pelo governador José Maranhão e representantes dessas empresas aconteceu ontem à tarde, na sede da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep). Serão investidos R$ 65,5 milhões.

Ainda na mesma solenidade, o governador José Maranhão assinou oito decretos autorizando a concessão de empréstimo com encargos subsidiados a 16 empresas situadas nos municípios de Santa Rita, Conde, Lagoa Seca, Alhandra, Patos, João Pessoa, Campina Grande, Sousa, Santa Rita, Cabedelo, Bayeux e Queimadas. Outro decreto concedeu prorrogação no prazo de execução dos contratos de todas as empresas beneficiadas pelo Fundo de Apoio ao Desenvolvimento do Estado da Paraíba (FAIN).

As empresas que vão se instalar em Campina Grande pertencem aos segmentos de  alimentação, componentes para calçados e do setor cerâmico: Fartrigo Indústria de Comércio de Alimentos de Trigo, Injetar Nordeste Indústria e Comércio de Componentes para Calçados, Cerâmica Florença Ltda., Karmélia Indústria e Comércio Ltda. e Tess-Indústria e Comércio Ltda. Esta última vai ampliar atividades em Campina Grande.

Saldo positivo – Logo após a assinatura dos documentos, o governador José Maranhão manifestou a sua satisfação de, em apenas seis meses de gestão, poder apresentar a Campina Grande um saldo de iniciativas positivas que contribuem efetivamente para o desenvolvimento da cidade. E citou duas obras que seu governo vem realizando e que estão vinculadas à instalação de empresas no Estado: abastecimento d’água e o Hospital de Emergência e Trauma.

“Não se pode investir numa cidade que não possa garantir água para o presente e para o futuro”, destacou Maranhão, ao citar a construção da Adutora de São José, que vai garantir água por mais 30 anos para Campina Grande e “os empresários terão a certeza de que seus empreendimentos não serão estrangulados pela falta de água”.

Com relação ao hospital, Maranhão disse que está dando continuidade à obra iniciada pelo governo anterior tendo em vista a sua importância. “Obra pública não é patrimônio pessoal de quem eventualmente estiver no governo. A obra pública só tem um dono: é o povo, a sociedade”, destacou, anunciando que as obras civis deverão ficar prontas em outubro e a sua inauguração será em abril.

Representando os empresários, o diretor da Cerâmica Florença, José Garcia da Nóbrega, ressaltou o apoio que recebeu do governo do Estado para instalar a empresa na Paraíba. E observou que no momento de crise todos devem fazer como o governo paraibano: enfrenta-la, investir e ajudar o empresariado.

Certificados do Cendac – Também na mesma solenidade, o governador José Maranhão entregou simbolicamente mais de 200 certificados de conclusão de cursos profissionalizantes nas áreas de Informática, Corte e Costura e Cabeleireiro, realizados nos municípios de Campina Grande, Esperança e Boqueirão pelo Centro de Apoio à Criança e ao Adolescente (Cendac). Em nome dos concluintes, a aluna Ana Cleide agradeceu ao Governo do Estado pela oportunidade de desenvolver atividades exigidas pelo mercado de trabalho, bem como proporcionar o primeiro emprego para diversos jovens.

Opção pela Paraíba – De acordo com o presidente da Cinep, João Laércio Fernandes, as empresas que vão instalar suas unidades no Distrito Industrial de Campina Grande já estavam buscando ampliar suas atividades no Nordeste e após vários meses de pesquisas resolveram optar pela Paraíba, “devido à ótima localização estratégica de logística e pelos incentivos fiscais oferecidos pelo Governo Estadual”.

Na próxima segunda-feira (10), em solenidade prevista para acontecer às 10h no Palácio da redenção, o governador José Maranhão assinará protocolo de intenções com mais 17 empresas. Esses empreendimentos também serão contemplados pelo Fundo de Apoio ao Desenvolvimento do Estado da Paraíba (FAIN), administrado pela Cinep.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.