Governadores tomam posse de madrugada para ver Lula passar a faixa para Dilma

 Os governadores do Acre, Amapá e Maranhão tomaram posse durante a madrugada deste sábado para viajar a Brasília para ver o presidente Lula passar a faixa para sua sucessora Dilma Rousseff. A cerimônia de posse de Dilma começa às 14h30 deste sábado.

 
No Amapá, Camilo Capiberibe (PSB) sequer acompanhou a queima de fogos para tomar posse na Assembleia Legislativa, por volta das 23h30 (0h30 horário de Brasília) de sexta-feira (31). A cerimônia durou aproximadamente 1h30 e foi acompanhada por representantes do Ministério Público, Tribunal de Justiça e deputados.
 
Durante o pronunciamento, Capiberibe pediu a todos os poderes para buscar a transparência na administração.
 
Por volta da 1h, Capiberibe recebeu a faixa de governador do seu antecessor Pedro Paulo Dias (PP), no Palácio Sententrião, onde também foi realizada a cerimônia de posse do secretariado.
 
Por volta das 4h (5h horário de Brasília), o governador toma um voo com destino a Brasília para a cerimônia de posse de Dilma Rousseff.
 
No Acre, Tião Viana (PT) tomou posse às 0h40 (2h40 horário de Brasília), na Assembleia Legislativa, logo após a tradicional queima de fogos em frente ao rio Acre.
 
Viana assistiu à queima de fogos do Palácio Rio Branco — acompanhado de assessores, do secretariado e de alguns parlamentares — e seguiu caminhando para a Assembleia Legislativa, onde ocorreu a cerimônia de posse.
 
Após a posse, Viana retornou caminhando para o Palácio Rio Branco, onde recebeu do governador Binho Marques (PT) a faixa de governador, por volta das 2h.
 
O governador recebeu a benção do bispo do Acre em nome de outras lideranças religiosas que participavam da cerimônia. Um pajé da etnia Yawanawa fez o ritual do sopro que é uma espécie benção para o governador.
 
Viana viaja por volta das 4h (6h horário de Brasília) em um voo comercial para assistir a posse de Dilma.
 
No Maranhão, a Roseana Sarney tomou posse à 1h10 (2h10 de Brasília) em uma cerimônia realizada na Plenária da Assembleia Legislativa. O presidente do Senado José Sarney esteve todo o tempo ao lado da filha na cerimônia.
 
Após a posse, Roseana seguiu ao Salão de Atos da Assembleia, onde nomeou coletivamente seu secretariado. A faixa de governadora foi colocada pelo senador eleito João Alberto, a pedido da própria Roseana.
 
A governadora viaja para Brasília por volta das 6h para ver a posse de Dilma, acompanhada do pai, o Senador José Sarney e do ministro Edison Lobão.
 

Folha Online
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.