Governador confirma criação Secretaria da Cultura, com apoio do MinC

O Governo da Paraíba transformará a Subsecretaria de Cultura em Secretaria. A boa notícia foi divulgada hoje, em Sousa, pelo secretário Flávio Tavares, e o secretário da Identidade e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura (MinC), o paraibano Américo Córdula, na abertura de seminário. Flávio e Américo afirmaram que em conversa com o governador José Maranhão ele sinalizou positivamente à sugestão do Ministério da Cultura e criará a Secretaria da Cultura. 

De acordo com Américo, a Paraíba é o único Estado do Nordeste que ainda mantém apenas uma subsecretaria de cultura. Flávio Tavares revelou que mais projetos, mais financiamentos serão concretizados para o Estado, viabilizando a política cultural do Governo. Em breve, uma assembléia pública vai discutir a transformação da subsecretaria em secretaria de cultura. Na quinta-feira (6), Tavares teve encontro com o ministro da Cultura, Juca Ferreira, tratando do Memorial Sivuca, a Pinacoteca do Estado e o Museu da Cidade e da Arte Contemporânea.

Seminário – O Governo da Paraíba participa nesta sexta-feira (7) e neste sábado (8), na cidade de Sousa, do ‘Seminário Diversidade Cultural – Entendendo a Convenção sobre a Proteção e a Promoção da Diversidade das Expressões Culturais’, evento que acontece no Centro Cultural Banco do Nordeste.

O seminário é uma realização do Ministério da Cultura, sob a coordenação Secretaria da Identidade e da Diversidade Cultural. É o segundo realizado no Brasil e o único no Nordeste. O primeiro aconteceu em Belo Horizonte, capital mineira.

Os parceiros do Ministério da Cultura no evento são o Centro Cultural do Banco do Nordeste de Sousa, o Governo do Estado através da Subsecretaria de Cultura, Fundação Espaço Cultural, Fundação Casa de José Américo e Iphaep, além da Prefeitura de Sousa.

Objetivo – De acordo com o secretário da Identidade e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura, Américo Córdula, o objetivo principal do seminário é divulgar e debater a Convenção sobre a Proteção e a Promoção da Diversidade das Expressões Culturais, adotada pela Unesco em 2005, e que reúne atualmente 99 países, dentre os quais o Brasil, que a ratificou em 2006, no Congresso Nacional. O Ministério da Cultura está realizando seminários regionais voltados aos gestores públicos, para que eles apliquem em seus estados e municípios a Convenção, que é lei.

Além das diversas palestras e mesas redondas sobre artigos da Convenção, a programação inclui atrações musicais, artes cênicas, artes visuais, atividades infantis, cinema e literatura. Na abertura, houve apresentação do grupo de xaxado ‘Pisada do Sertão’, do município de Poço José de Moura, e do aboiador Zé Paulino, de Sousa. Cerca de 200 gestores públicos e privados de vários estados e cidades nordestinas participam do seminário, que também tem o apoio da UNESCO.

Projetos – O governador José Maranhão enviou a Sousa para participar do seminário, além do secretário Flávio Tavares, a presidente da Fundação Casa de José Américo, Letícia Maia; o presidente da Fundação Espaço Cultural (Funesc), Maurício Burity, e o presidente do Iphaep, Damião Ramos Cavalcanti. O secretário Flávio Tavares destacou como de extrema importância o seminário envolvendo gestores culturais do semi-árido brasileiro. Ele anunciou que acaba de ser assinado o edital dos micro-projetos da área, do Projeto Mais Cultura, vinculado ao Ministério, que vai beneficiar 170 municípios com recursos iniciais de R$ 1,8 milhão.

Flávio Tavares comemorou ainda o Projeto Vidas Paralelas, lançado pelo secretário Américo Córdula. À Fundação Casa de José Américo foi a responsável pelo material impresso: certificados dos participantes do seminário, cartilhas, folheteria. 

O presidente do Iphaep, Damião Ramos Cavalcanti, afirmou que o Instituto marca presença no evento para ouvir sugestões e também sugerir propostas sobre o tema patrimônio cultural no Estado. Maurício Burity, presidente da Funesc, revelou que a Fundação apóia integralmente o seminário e anunciou que ainda este mês um outro tema será discutido em evento no Espaço Cultural.  Trata-se do Seminário do Sistema Nacional de Cultura, dias 20 e 21 deste mês.

Na solenidade de abertura do seminário também fizeram parte da mesa o gerente de cultura do Banco do Nordeste, Hamilton Menezes, a chefe da Regional Nordeste do MinC, Tarciana Portela, e o prefeito de Sousa, Fábio Tyrone.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.