Gervásio Maia confirma afastamento de Ricardo Coutinho

O deputado federal Gervásio Maia (PSB) confirmou hoje em entrevista ao ParlamentoPB a existência de um afastamento em relação ao ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB). “Não existiu um rompimento. Mas, eu senti desde a época da convenção do ano passado que Ricardo estava frio em relação a mim. Ainda fui a três caminhadas da campanha, fui recebido com frieza e desde então resolvi não mais participar”, resumiu.

Aliás, Gervásio enfatizou que a decisão de lançamento de candidatura própria à prefeitura de João Pessoa no ano passado não teve sua participação: “Não fui perguntado a respeito, mas eu era contra. As pesquisas mostravam que aquele projeto não era viável, como de fato não foi. O desempenho do PSB de João Pessoa foi negativo para o partido porque foi desproporcional ao tamanho tanto do PSB da Paraíba como do próprio Ricardo Coutinho, mas essa foi uma decisão dele”, pontuou, acrescentando que a imposição da candidatura própria lhe desgastou muito: “Eu sempre pautei minha vida na construção do diálogo”.

O parlamentar finalizou dizendo que tem a consciência tranquila por ter apoiado Ricardo Coutinho na fase mais difícil de sua trajetória política, depois da Operação Calvário e no consequente rompimento com o governador João Azevêdo, hoje filiado ao Cidadania: “Eu rompi com João para ficar ao lado de Ricardo, mesmo sem ter motivo para me afastar do governador que ajudei a eleger. Ele nunca fez nada que me desapontasse. Nem eu a ele”.

Ao ser questionado sobre sua relação com o governador, Gervásio disse que não tem atualmente contato com João Azevêdo: “A única vez que falei com ele foi na semana passada durante a visita de Baleia Rossi. Mas, ele nos recebeu muito bem”.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.