Gerimaldo Nunes será velado no Morada da Paz e sepultado em Alagoa Grande

Morreu na manhã desta quarta-feira, 7 de agosto, o jornalista Gerimaldo Nunes da Costa, 56 anos, irmão da também jornalista Glaudenice Nunes. Ele estava internado no Hospital Napoleão Laureano desde o dia 11 de julho lutando contra um câncer de tireoide descoberto há pouco tempo, mas de um tipo muito agressivo.

Gerimaldo estudou jornalismo na UFPB e era funcionário do Incra. Deixou um filho, Ravi Nunes Freitas.

O velório acontece a partir das 16 horas na Central Morada da Paz, em Jaguaribe, e o sepultamento será realizado em Alagoa Grande, onde Gerimaldo nasceu.

Em seu perfil no Instagram, Glaudenice compartilhou um texto de despedida para o irmão:

O Nego Geri, como era carinhosamente chamado pelos amigos, partiu hoje depois de quase 30 dias lutando pela vida na UTI do Laureano. Durante a visita que fiz ontem ele estava com o semblante calmo. Em um momento até esboçou um sorriso, não sei se despedindo-se da vida, diga-se de passagem, que ele aproveitou da forma como sempre quis.

Quem o conhecia, sabe que Gerimaldo adorava beber, adorava mulheres, o Flamengo, se divertir, de poesia. Na política, dizia que Lula era o cara. Nos deixou uma herança, Ravi, seu filho, e claro, lembranças e saudades.

Fez muitos amigos por onde passou, seja na adolescência, na UFPB, onde fez jornalismo, e no Incra, onde trabalhava.

Dos seis irmãos, era o mais independente. Mas, por outro lado, quando dava na teia, ligava dizendo “eu te amo”.

Antes mesmo de fazer jornalismo eu já tinha começado a escrever. E meu primeiro texto foi sobre meu irmão, onde eu descrevia todo o seu comportamento esquisito e apaixonado, ora gritando de alegria, ora chamando palavrão, ao assistir um jogo entre o Flamengo e o Cobreloa.

É claro que eu queria que ele ainda tivesse mais tempo de vida. Mas, sei que ele lutou até onde deu e agora navega por outros mares.

Também te amo meu irmão

7 comentários

  • Mana
    15:15

    Gostava do jeito brincalhão e gentil de Gera. Era um poeta apaixonado pela vida e seus encantos. Vivenciamos momentos muito bons de nossa juventude. Deus conforte os que ficam na dor. Siga na paz companheiro. Aqui fica a saudade.???

  • Ednamay Cirilo Leite
    15:15

    LUZ DIVINA , GRATIDÃO , PAZ

  • Elionaldo Varela
    15:15

    Siga em paz, poeta e amigo Gerimaldo Nunes!!???????

  • Dalmo
    15:15

    O nêgo Geri também era chamado de “Geri da Mangueira” porque também torcia pela VerdeRosa. Seu filho único, Ravi, também é jornalista formado pela UFPB. Há outro jornalista na família Nunes da Costa: o músico, compositor e policial rodoviário federal Deo Nunes. Geri estava fora da ativa já há alguns anos. Vai deixar uma lacuna Grande na vida dos que tiveram o prazer de compartilhar com ele seus melhores momentos!!

  • Antonio Radical
    15:15

    Conheci Gerimaldo na UFPB. Nos corredores, nas lutas do Movimento Estudantil de nossa época e na Praça da Alegria, aonde curtíamos nossa liberdade. Ele sempre com sua poesia livre. Era um cara livre, expansivo, pleno. “Geri da Mangueira”, como tb o conhecíamos, era uma pessoa MARAVILHOSA, dessas que é MUITO difícil de se encontrar nos dias de hj. Nos deixa e, com ele, uma SAUDADE imensa se vai junto. Até mais, Gerimaldo. Siga em paz, companheiro!!!

  • Fátima Moura
    15:15

    Meus sentimentos a todos da família ??

  • Vagneide Ferreira
    15:15

    Sentiremos saudades de ti Geri!

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.