General Fernando Azevedo é anunciado ministro da Defesa de Bolsonaro

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) anunciou, na manhã desta terça-feira (13), o nome do general do Exército Fernando Azevedo para ser ministro da defesa em seu governo. Bolsonaro confirmou o nome do general, que tinha sido escolhido para ser assessor do ministro Dias Toffolo, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF),

Bolsonaro confirmou o nome de Azevedo pelo Twitter, pouco após pousar em Brasília, onde ficará por dois dias para reuniões com autoridades e com sua equipe de transição.

O general da reserva é o sétimo ministro anunciado por Bolsonaro para compor seu governo. Já foram confirmados os nomes do deputado Onyx Lorenzoni (Casa Civil), do economista Paulo Guedes (Economia), do general Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), do astronauta Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia), do juiz da Lava Jato em Curitiba Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública) e da deputada Tereza Cristina (Agricultura).

Azevedo e Silva, que atualmente é assessor de Toffoli, é general de quatro estrelas, patente mais alta e está na reserva desde o início deste ano, após deixar o Comando Militar do Leste. Ele já foi chefe da assessoria parlamentar e subchefe de gabinete na Presidência da República e no gabinete do comandante do Exército. Também foi presidente da Autoridade Pública Olímpica entre 2013 e 2015.

Congresso em Foco

General Fernando Azevedo é anunciado ministro da Defesa de Bolsonaro

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.