Gangue especializada em roubo de carros importados é presa

Três pessoas acusadas de integrar a maior quadrilha de assaltantes de carros importados em ação na Paraíba foram presas durante a Operação Cavalo Mecânico, realizada nesta quinta-feira, 16, na fronteira entre as cidades de Remígio e Barra de Santa Rosa.

A ação foi comandada pela Delegacia de Vigilância Geral (DVG) de Campina Grande, em parceria com as polícias Federal e Rodoviária Federal.

De acordo com o delegado titular da DVG, Wagner Dorta, foram presos Israel Laurentino Santiago, 25, apontado como líder da quadrilha, Carlos Alexandre dos Santos Ferreira, 32, e Adriano Moreira de Sousa, 40, que foi atingido por um disparo durante uma troca de tiros e socorrido para o Hospital Regional de Campina Grande.

“Esse grupo aterrorizava Campina Grande e todo o Brejo paraibano e só este ano é apontado como responsável pelo roubo de 20 veículos, dez deles só em Campina”, esclareceu o delegado, acrescentando que Israel Laurentino já havia sido preso por tráfico e contra ele ainda pesavam dois mandados de prisão por roubo.

Ainda segundo Wagner Dorta, a quadrilha estava sendo investigada há cinco meses pela polícia. “Em outubro de 2008 prendemos dois participantes da quadrilha. Hoje conseguimos interceptá-los na BR 104, quando se preparavam para roubar uma carreta. Eles estavam em uma picape roubada na cidade de Natal/RN, no dia 26 de março, e que já foi apreendida”, complementou a autoridade.

Com o grupo ainda foram encontradas uma espingarda calibre 12, um revólver calibre 38 e uma pistola.

Outro integrante da quadrilha, já identificado como Wagner Fernando da Costa Nascimento, ainda está sendo procurado pela polícia.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.