Funcionários públicos são presos com cestas, títulos e material de campanha

Um professor e um servidor público foram presos hoje de manhã quando saiam de um matagal no bairro do Monte Santo, em Campina Grande, em um veículo Gol prata. No carro, os agentes encontraram material de campanha de uma das coligações, títulos eleitorais, cestas com produtos de limpeza. A informação dada por populares que estiveram no local é de que os santinhos seriam do candidato à reeleição José Maranhão (PMDB). Os acusados não tiveram os nomes divulgados e nem a PF confirmou a que coligação dizia respeito a suposta ação de crime eleitoral.

Uma nota emitida hoje à tarde pela Delegacia da Polícia Federal de Campina Grande informou apenas as iniciais dos detidos: T.J.A.V e E.S.B. O delegado Francisco Leônidas acrescentou que os dois servidores teriam oferecido R$ 100 aos policiais como suborno para se livrar da prisão. Os dois foram enquadrados por corrupção ativa e encaminhados ao presídio do Serrotão. O material apreendido foi enviado à Justiça Eleitoral.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.