Fuba questiona gastos com terceirização do Trauma

O Vereador Flávio Eduardo (Fuba) comentou hoje pela manhã na Câmara Municipal de João Pessoa o resultado da auditoria realizada pelo TCE no Hospital de Trauma Senador Humberto Lucena.  

Sobre a auditoria, revelou que os gastos com a terceirização do Hospital de Trauma mais que dobraram em 4 anos. Com o Hospital de Trauma o contribuinte paraibano gastava R$ 4,5 milhões em 2010 e terminou 2013 gastando R$ 9,1 milhões. “Além de apresentar um modelo de desenvolvimento que transforma a Paraíba em dormitório de Pernambuco, de austeridade os 40 anos em 4 não tem nada”, disse Fuba.
 
Nos gastos identificados pela auditoria, encontram-se super salários, alugueis de apartamentos que chegam ao valor de R$ 264 mil, mais de R$ 600 mil  em passagens e até compras de sapatos  sem registro de entrada destas mercadorias em estoque, afirma o vereador.
 
"Na verdade, o hospital de Trauma está privatizado, porque tanto o serviço quanto a gestão saíram do controle do Estado, ou seja, atualmente nem o controle social é possível e isto não é democrático", ressaltou Fuba.
 
A Lei 8.080 de 1990,  que regulamenta o SUS, admite a participação da iniciativa privada apenas onde e quando o Estado não conseguir atuar, lembra o vereador.
 
“O novo jeito de governar do PSB é a recauchutagem do modelo neoliberal do PSDB. Não há diferença entre os dois, que estiveram juntos aqui na Paraíba durante o período em que o Hospital de Trauma dobrou sua verba de custeio”, afirmou Fuba.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.