Frei Anastácio diz que é hora de Maia desengavetar pedidos de impeachment contra Bolsonaro

O deputado federal Frei Anastácio (PT) disse que a situação do Brasil, com Bolsonaro no poder, piora a cada dia. “Como se não bastasse ignorar a pandemia, Bolsonaro chama o povo de “maricas” usando  uma forma preconceituosa para empurrar a população para morte. Mais uma falta de decoro parlamentar passível de impeachment. É mais do que hora do presidente da Câmara Federal desengavetar os mais de 50 pedidos de impeachment contra Bolsonaro”, disse o deputado.

Segundo o deputado, o presidente está, a cada dia, mais desequilibrado. “Uma prova disso, foi comemorar o fim dos testes da vacina contra o coronavírus – que logo depois foi revertido e ele teve que engolir em seco -, e a mais tresloucada manifestação dele foi proferir  ameaças de guerra aos Estados Unidos. Enquanto isso, a fome aumenta, a miséria corre a passos largos e o país despenca para a 12ª posição na economia mundial”, disse o deputado.

Segundo o deputado, o governo Bolsonaro que prometeu salvar a economia do Brasil com a Reforma da previdência, está afundando cada vez mais. “Paulo Guedes dizia que com a reforma da previdência, o Brasil teria mais emprego e dinheiro para obras. A reforma foi feita, o trabalhador está sendo sacrificado,  muitos jamais terão uma aposentadoria e a economia só faz afundar”, ressaltou.

O parlamentar destacou que o Fundo Monetário Internacional (FMI) já anunciou que o Brasil vai cair para a 12ª economia do mundo, este ano. “É verdade que a pandemia contribuiu para isso, mas o país já vinha afundando, cada vez mais, desde que Bolsonaro assumiu o governo. E mesmo diante de um desastre desse, ele ocupa seu tempo nas entrevistas para chamar jornalistas de “urubus”, desprezar a ciência e fazer declarações que levam o Brasil negativamente para as primeiras páginas de jornais do mundo inteiro. O pior é que a equipe do governo não tem plano para recuperação do Brasil e da economia”, afirmou.

Com o PT, Brasil tinha economia forte

Frei Anastácio lembrou ainda que em 2011, no governo da então presidente Dilma Rousseff, o Brasil chegou ao sexto lugar entre as maiores economias do mundo. “Após o golpe que tirou Dilma do poder, a economia despencou. No ano passado estava em nono lugar. Com Bolsonaro no poder vai despencar para o 12º lugar. O pior de tudo é que temos um presidente que usa a mídia e as redes sociais simplesmente para pregar o ódio. Não dá mais. Fora Bolsonaro. É hora do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, desengavetar as dezenas de pedidos de impeachment contra esse presidente fascista”, afirmou.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.