Fórum Inovar debaterá em João Pessoa tendências tecnológicas da construção

Será realizado em João Pessoa, o III Fórum Inovar& Construir, com a temática Tendências Tecnológicas da Construção, evento que trará especialistas para falar sobre as novas tecnologias para a construção das edificações, tanto no processo construtivo como na ocupação e uso dos imóveis. Construção com estrutura metálica e em parede de concreto em empreendimentos residenciais, assim como energia solar, automação, uso de gás encanado, obras complexas vão estar em debate.

Haverá palestra sobre o uso da tecnologia BIM na elaboração de projetos e seus benefícios na execução de obras.Na engenharia diagnóstica se abordará a elaboração de projetos com durabilidade em estrutura de concreto e uma apresentação de levantamento sobre as obras públicas. Também se falará sobre o promissor mercado da energia solar.

Na abertura solene haverá palestra do cientista político Leonardo Barreto sobre os cenários político, social e econômico nacionais. Entre os palestrantes estão o engenheiro e professor Ênio Pazini Figueiredo, o presidente da Comissão de Materiais da CBIC,DyonizioKLavdianos e o engenheiro Evandro César Ferreira, que falará sobre como as novas tecnologias do cotidiano estão interferindo no projeto de um empreendimento. Também está confirmado o engenheiro civil Ricardo Lombardi Junior, integrante do Grupo Parede de Concreto da ABCP.

Organizado pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil de João Pessoa (Sinduscon-JP), em parceria com a Supermidia Comunicação/ Revista EDIFICAR, o evento tem o apoio da Câmara Brasileira da Indústria da Construção Civil (CBIC), da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (FIEPB), da PBGás, do CREA-PB, da Cerâmica Elizabeth e do Sebrae-PB.

As inscrições serão feitas pela internet – www.inovareconstruir.com.br – sendo a taxa para estudante no valor de R$ 100,00; para associados do Sinduscon-JP, fica em R$ 150,00 e para profissionais não associados o valor é de R$ 200,00.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.