Filipinas registra mais dezenas de mortes por tufão Rai

Pelo menos 72 pessoas morreram na província filipina de Bohol com a passagem do tufão Rai, disse, neste domingo, o governador da província, elevando para mais de 100 o número total de vítimas fatais em todo o país.

As autoridades reforçaram as operações de resgate neste domingo, após a chegada do tufão Rai na quinta e sexta-feiras, a mais forte tempestade tropical a atingir as Filipinas este ano. O tufão deslocou mais de 400 mil pessoas, danificando casas e derrubando linhas de energia e comunicação.

A agência nacional de desastres já havia relatado 31 vítimas após a tempestade, mas esses números não incluem as vítimas em Bohol. A agência afirmou ainda que aguarda relatórios oficiais de Bohol e de outras regiões.

Na província de Dinagat, no sul do país, o governo local relatou 10 mortes neste domingo, mas também não ficou claro se essas mortes já haviam sido incluídas na contagem oficial da agência de desastres.

A maioria das mortes ocorreu devido à queda de árvores e afogamento, disseram as autoridades.

A destruição generalizada tornou difícil para as autoridades fornecerem imediatamente uma imagem clara sobre a extensão dos danos, visto que as linhas de comunicação e energia ainda precisam ser restauradas em muitas áreas.

Rai, que a certa altura foi uma tempestade de categoria 5, tocou o solo por nove vezes, deixando um rastro maciço de destruição também relatado nas províncias de Cebu, Leyte, Surigao del Norte, incluindo o popular destino de surfe Siargao e as Ilhas Dinagat.

A tempestade arrancou árvores, derrubou telhados, arrasou casas, destruiu infraestruturas e inundou muitas cidades, dificultando os esforços para enviar alimentos e água para as vítimas.

Rai desabrigou quase 490 mil pessoas nas Filipinas antes de seguir em direção ao Mar da China Meridional no fim de semana.

Em Bohol, onde ficam alguns dos destinos turísticos mais populares do país, como o rio Loboc, que transbordou, o governador Arthur Yap disse que o número de mortes foi baseado apenas em relatórios parciais, sugerindo que ainda pode aumentar.

“Está claro que os danos sofridos por Bohol são grandes e abrangentes”, disse ele. “As pessoas sofreram muito em termos de casas destruídas e perdas agrícolas.”

Cerca de 20 tempestades tropicais atingem as Filipinas todos os anos, geralmente causando inundações e deslizamentos de terra.

 

 

 

 

Por R7, com Reuters

Foto: Guarda Costeira Filipina

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.