Família quer júri também para Marvin, pela morte de paraibanos na Espanha

No vídeo que Walfran Campos enviou ao ParlamentoPB, o tio de Patrick Nogueira também diz que quer júri popular para Marvin Henriques, que também é investigado por suposta participação na chacina de Pioz, na Espanha. Isso porque, enquanto estava na casa e aguardava o tio Marcos após ter assassinado Janaína e as crianças, Patrick conversou por WhatsApp com Marvin, que estava em João Pessoa. Nas mensagens, Marvin ri, não manifesta indignação e ao final diz ao amigo “Boa sorte.”

A defesa de Marvin Henriques diz que o jovem não teve participação no crime e não incentivou o ato. As famílias de Marcos e de Janaína, porém, querem o rapaz sentado no banco dos réus.

Saiba mais

Tio de Patrick diz que Espanha deu exemplo ao Brasil com punição dura e que família está abatida

Patrick é condenado pela justiça à prisão perpétua por matar parentes na Espanha

“Queria dizer para vocês que a justiça que foi feita aqui na Espanha pode também ser feita no Brasil. Queremos que no Brasil, em João Pessoa, a Justiça paraibana coloque Marvin em júri popular para que realmente a justiça seja completa, seja feita, para que nossa família tenha um pouco de paz. Esperamos que sirva de exemplo para o Brasil e para o mundo”, disse Walfran Campos, no vídeo enviado ao ParlamentoPB, nesta quinta-feira (15).

Ele enviou o vídeo com um desabafo sobre o caso após a juíza espanhola Elena Mayor dar a sentença, hoje, confirmando o veredito do júri popular dado no dia 3, em que Patrick fica, então, condenado à prisão perpétua revisável, que pode ser reavaliada após 25 anos de detenção.

Patrick no banco dos réus, na Espanha – Foto: Agência EFE

François Patrick Nogueira Gouveia – Foto: Arquivo pessoal

Família quer júri também para Marvin, pela morte de paraibanos na Espanha

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.