Família procura homem desaparecido há dois dias e que deixou celulares e carteira em casa

Um homem desapareceu desde quinta-feira (20) e a família espera ansiosamente por encontrá-lo. Herbertt Barros Mangueira Diniz, de 36 anos, deixou celulares e carteira no apartamento onde mora sozinho, no bairro Castelo Branco, e não apareceu até a tarde deste sábado (22).

A irmã Laura Regina conversou com o ParlamentoPB e disse que estava combinando de ir para o bloco Cafuçu com Herbett, nessa sexta-feira (21). Mas não conseguiu retorno das mensagens enviadas ao irmão.

A família já o procurou em hospitais, até no Instituto de Medicina Legal (IML), mas ainda não o encontrou. Um alívio para a família não tê-lo encontrado machucado, mas uma espera que a irmã considera ainda angustiante.

“Ficou acertado que ele ia pro Cafuçu comigo na sexta-feira a noite. Quinta-feira fui lá na casa dele, chamei, e nada. Na sexta-feira fui, chamei, e nada dele aparecer”, explicou Laura.

“Hoje pela manhã, minha irmã foi lá. Conseguiu uma cópia da chave. Quando entrou, tava tudo dele lá. Os dois celulares, dinheiro, carteira, cartão. Parece que saiu de casa só com a chave e pouco dinheiro. Não tivemos mais notícias dele”, completou Laura Regina.

Herbertt foi visto pela última vez em um bar próximo do Mercado do Castelo Branco. Quem tiver informações sobre ele pode entrar em contato no número (83) 98693-0465.

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.