Falsos executivos tentam aplicar golpe em Uiraúna prometendo criar empregos

A prefeita de Uiraúna, Maria Sulene Dantas, mais conhecida como Leninha Romão (PP), foi alvo de uma tentativa de golpe na semana passada. Ela recebeu o contato de supostos representantes de duas grandes empresas brasileiras – Queiroz Galvão e Camargo Correia – demonstrando interesse em criar um empreendimento no município com capacidade para abrir 300 postos de trabalho. A primeira comunicação foi feita por email. Depois, Leninha e alguns auxiliares participaram de uma reunião remota com os “executivos” através do Meet. Eles solicitaram que a prefeita intermediasse o contato com um restaurante para o fornecimento de alimentação para um grupo de trabalhadores que deveria chegar a Uiraúna na próxima sexta-feira. Mas, além disso, existia uma outra providência: a gestora deveria pagar R$ 4.600,00 a título de recolhimento de impostos necessários ao início da instalação da empresa no município.

A negociação parecia interessante até que na última terça-feira, 18, Leninha tomou conhecimento através do grupo de WhatsApp da Federação das Associações dos Municípios da Paraíba (Famup) da mesma oferta apresentada à prefeita de Fagundes, Magna Madalena Brasil. No grupo, a prefeita alertava os colegas para que tomassem cuidado com as tratativas porque se tratava de um golpe.

Com isso, Leninha encerrou o contato com os falsos executivos e decidiu registrar um boletim de ocorrência sobre o que aconteceu. “Quero que isso sirva de alerta aos demais prefeitos que podem ser vítima desse tipo de fraude”, explicou ela.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.