Falência múltipla de órgãos causa morte de Menon

Morreu hoje de manhã, no Hospital Regional de Patos, o ex-craque do Nacional e Esporte de Patos, João Vianez Segundo dos Santos. Menon, como ficou conhecido pelas torcidas de Nacional e Esporte, tinha 48 anos e foi vítima de falência múltipla dos órgãos.  Ele deixou as filhas Monalisa (18) e Camila Lopes dos Santos (13). Seu sepultamento será nesta terça-feira, 2, às 8 horas, no Cemitério Santo Antônio em Patos.

Nascido no dia 26 de março de 1961, em João Pessoa, Menon pertencia a uma família que gostava do futebol. Seu irmão mais velho, Clóvis, foi ídolo da cidade nas décadas de 70 e 80. O mais novo Bero, e o sobrinho Delani, também se tornaram jogadores.

Menon começou a jogar ainda na adolescência, participando das categorias de base do Nacional. Possuidor de um talento que o diferenciava dos demais, a chegada ao futebol profissional, aconteceu aos 19 anos também pelo Nacional, clube que defendeu nas temporadas 80 a 82; 85; 87 e 89 a 93. Meia esquerda ágil e de passes primorosos, Menon também defendeu os grandes clubes do futebol paraibano, a exemplo do Treze, 83 e 84, sendo campeão na temporada 83. Campinense 85 e Botafogo 86, quando foi campeão paraibano pela segunda vez em sua carreira.

Pelo Nacional, foi o principal jogador do elenco entre 89 e 91, período que o clube foi três vezes vice-campeão paraibano e representante da Paraíba na série B do Campeonato Brasileiro em 1989, junto com Treze e Botafogo. Ao longo da carreira, teve passagem por clubes de outros estados a exemplo do ABC de Natal e Baraúnas de Mossoró-RN, Asa de Arapiraca-AL e América de Recife-PE.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.