Fake News: Rodolpho Carlos não está no Sírio Libanês

Neste domingo, 7, setores da imprensa paraibana divulgaram que Rodolpho Carlos, sobrinho do empresário Eduardo Carlos, estaria internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, infectado com o novo coronavírus. Na instituição, o avô do rapaz, José Carlos da Silva Júnior, 95 anos, morreu na última sexta-feira em consequência da Covid-19. Acontece, porém, que Rodolpho não está no hospital e nem mesmo tem coronavírus.

“A família fez contato e me pediu para esclarecer que ele está em casa e não está com Covid-19”, informou o advogado Sheyner Asfora ao ParlamentoPB.

Rodolpho Carlos Gonçalves cumpre medidas cautelares e entre elas está o recolhimento em casa aos fins de semana. A medida é uma alternativa à prisão pelo homicídio do agente de trânsito Diogo Nascimento, atropelado durante uma biltz da Operação Lei Seca no bairro do Bessa, no dia 21 de janeiro de 2017.

Três dias depois, Rodolpho se apresentou à Justiça. Ele já havia conseguido um habeas corpus preventivo.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.