Ex-deputada Léa Toscano é internada com Covid-19 e Camila Toscano se recupera da doença

A ex-deputada estadual Léa Toscano foi internada após apresentar queda na oxigenação do sangue, em decorrência da Covid-19. Ela foi levada pela família para a Unimed João Pessoa e a deputada Camila Toscano divulgou que a mãe passa bem. Em vídeo divulgado nas redes sociais, a neta de Lea, Gabriela Toscano explicou que a avó não precisou ser entubada, está sem febre e sem outros sintomas graves, precisando corrigir apenas a saturação.

Camila Toscano também foi infectada pelo novo coronavírus e está em fase final de isolamento social em casa, apenas com sintomas leves, tendo perdido o sentido do olfato, característica típica da Covid-19. Ela informou que termina sua quarentena neste fim de semana e que estará de volta à campanha eleitoral para o candidato a prefeito Marcus Diogo. Camila disse que os adversários “tripudiaram” durante o período em que ela e a mãe estão afastadas da corrida eleitoral.

“Estamos nos recuperando bem. Dona Léa continua no Hospital apenas para garantir a volta ao normal da saturação, mas sem apresentar falta de ar ou qualquer outra complicação da doença. Está respondendo bem ao tratamento e caso tenha uma elevação na saturação deve receber alta nos próximos dias. Tivemos e mantivemos todos os cuidados com o uso de máscara e higiene, mas infelizmente estamos propícios a pegar essa doença. Quero agradecer a todas pelas mensagens de carinho e apoio e dizer que em breve, com fé em Deus, estaremos recuperadas e de volta às nossas atividades”, disse Camila Toscano.

A deputada pediu ainda para que os paraibanos redobrem a atenção com a doença, mantendo todos os cuidados de higiene e uso de máscaras de proteção facial. “Ainda não temos uma vacina para essa doença que tem devastado nosso mundo, tirando de nós pessoas especiais. Por isso, vamos nos manter atentos aos cuidados sanitários para que possamos reduzir cada vez mais o número de infectados no nosso estado”, disse, revelando que sua quarentena encerra neste sábado (24) e que o retorno ao trabalho está programado para a segunda-feira (26).

Prefeito e vice-prefeito de Guarabira também contraíram a Covid-19

No dia 14 de outubro, Marcus Diogo e Wellington Oliveira emitiram comunicado informando que também tinham sintomas de Covid-19, o que se confirmou depois. Marcus Diogo fez vídeos dizendo que estava se recuperando e com saudades da campanha eleitoral.

“Os candidatos a prefeito e vice prefeito, Marcus Diogo e Wellington Oliveira, respectivamente, comunicam a toda sociedade, correligionários e amigos que entre segunda-feira a noite e terça pela manhã ambos apresentaram sintomas gripais, o que implica necessariamente no isolamento social, até que se faça o teste para confirmar ou não a infecção pela Covid-19. Avisamos, que, com sintomas leves, estamos bem, mas a responsabilidade que temos com a população guarabirense, assim como com a militância que quer seguir em frente em ritmo acelerado, não nos permite estar nas ruas visitando os bairros e conversando com as pessoas e atuando para que confirmemos a vitória que se aproxima. Reafirmamos que os compromissos de visita nos bairros continuam, com nossos vereadores, candidatos e militância que segue entusiasmada com a vitória no próximo dia 15 de Novembro”, publicaram em nota nas redes sociais.

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.