Evento vai discutir uso de canabinoides e mudanças na dieta para o tratamento do autismo

O Instituto Revertendo o Autismo (IRA) promove neste domingo (4) de agosto o I Seminário ‘Autismo: Novas Abordagens’ na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa, das 8h às 18h. O evento, que trará palestrantes de renome nacional, vai abordar os caminhos para tratar pacientes dentro do Transtorno do Espectro Autista (TEA), que segundo números da Organização Mundial de Saúde (OMS) atinge cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo, sendo 2 milhões somente no Brasil.

Estima-se que uma em cada 88 crianças apresenta traços de autismo, com prevalência cinco vezes maior em meninos. No Brasil, os dados sobre pessoas com o Transtorno do Espectro Autista ( TEA) passará a ser computado a partir do Censo de 2020. A medida foi publicada no Diário Oficial da União, no último dia 19 de julho. “Os números servirão de base para a elaboração de políticas públicas e de inclusão dessa população nas áreas educacional, profissional e social”, avalia o psicólogo Moisés Anton, diretor do Instituto Revertendo o Autismo (IRA).

Entre os convidados especialistas, que a partir de um diagnstico na família foram em busca de novos caminhos, como a palestrante Tielle Machado. “Estamos trazendo a doutora Tielle Machado, médica formada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro que iniciou uma jornada pessoal após o diagnóstico de autismo do seu filho e em busca de uma resposta e retornou com uma nova visão da medicina, dos tratamentos e de estilo de vida. Ela vai ministrar a palestra: “Quando o intestino inflama, o cérebro grita”, comenta Moisés.

Além de Tielle Machado, o evento vai contar com o Dr. Lúcio Lemos, Biólogo e especialista em Análises Clínicas, professor de Pós-Graduação em Nutriendocrinologia Funcional e Gerenciamento de Envelhecimento Saudável que será o responsável pela palestra: “A importância da detecção correta das intolerâncias alimentares mediadas por IgG”.

Já o Dr. Renato Malcher, doutor em Neurociências pela Tulane University – Nova Orleans, EUA, e professor e pesquisador no Laboratório de Neurobiologia e Comportamento da UnB – Universidade de Brasília, membro International Centre for Science in Drug Policy – ICSDP e pai de uma criança com autismo vai ministrar a palestra: Canabinoides e Autismo: etiologia, diagnóstico e tratamento”.

Fechando o time de palestrantes a Dra. Simone Gusso, fisioterapeuta integrativa, ozonioterapeuta, neuromoduladora clínica pela Universidade de Pernambuco UFPE e mãe de um rapaz autista fará a palestra: Do diagnóstico às infinitas possibilidades terapêuticas”.

As inscrições para participar do evento estão abertas e devem ser feitas através do site do Sympla. Podem participar profissionais da área de saúde, educação e o público em geral. No caso dos profissionais e público em geral será cobrada uma taxa de R$ 120. Já estudantes pagam R$60,00. Para os familiares de pessoas no espectro autista (mães e pais) pagarão uma taxa de R$ 100. Também haverá inscrição presencial durante o evento.

O IRA

Fundado em 2015, o Instituto Revertendo o Autismo (IRA) é uma Organização Não-Governamental (Ong) que funciona em Cabedelo, região Metropolitana de João Pessoa, e atende gratuitamente crianças e adolescentes com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Além disso, os profissionais que atuam no Instituto oferecem apoio às mães e familiares dos beneficiados. Toda a renda do evento será revertida para manter os serviços e atividades prestados pela Organização Não-Governamental (Ong), sediada em Cabedelo.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.