Eva discorda de Romero e diz que PSD estuda apoio e filiação de João

Depois que o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), anunciou que vai apoiar o pré-candidato do PSDB ao Governo da Paraíba, Pedro Cunha Lima, a secretária de Articulação Política da Paraíba, Eva Gouveia (PSD) emitiu uma nota explicando que a decisão de Romero é pessoal e não reflete a postura do partido. Mais do que isso, segundo Eva, o dirigente nacional, Gilberto Kassab continua em conversas com o governador João Azevêdo (Cidadania) para apoiá-lo nas eleições de 2022. Segundo ela, também existe um convite a João para se filiar à legenda.

Confira a íntegra da nota emitida por Eva Gouveia:}

Ao tomar conhecimento do posicionamento político do ex Prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, mantive contato com o Presidente Nacional do PSD, Gilberto Kassab.

A posição de Romero Rodrigues se limita ao seu desejo pessoal, que respeitamos, de acompanhar a candidatura ao Governo proposta pelo PSDB.

Tenho deixado claro em todos os meus posicionamentos que respeito as liberdades individuais de cada um e é absolutamente democrático que todos façam a suas escolhas de acordo com o que pensam.

Pessoalmente, penso diferente. Por razões postas e outras que no futuro poderei dividir com a Paraíba.
Partidariamente, me cabe como secretária geral do PSD na Paraíba e membro do Diretório Nacional partilhar a posição do órgão superior sobre o fato, esclarecendo a todos que a posição de Romero Rodrigues não implica em um posicionamento partidário.

Renovamos publicamente que o PSD tem mantido entendimentos com o Governador Joao Azevedo, sob a perspectiva, inclusive, de filia-lo aos quadros do Partido Social Democrático.

Por fim, renovamos o nosso respeito a Romero, a sua história, a caminhada que construímos juntos e desejamos que Deus continue a abençoa-lo em suas escolhas e em suas decisões.

Eva Gouveia

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.