Estado é autorizado a doar terreno em Cabedelo para instalação do Lifesa

O Poder Executivo estadual está autorizado pela Assembleia Legislativa a doar imóvel integrante do acervo patrimonial imobiliário do Estado ao Laboratório Industrial Farmacêutico do Estado da Paraíba S/S – Lifesa. Situado na via de acesso à Associação Atlética do Banco do Estado (AABE), n° 319, Lotes 01 a 07, Galpões 01,02 e 03, Quadra B1 – A, da Granja Bela Vista I, bairro de Ponta de Campina-Cabedelo/PB, o imóvel destina-se à instalação do novo parque fabril do órgão.

Aprovada por meio do projeto de lei n° 1.270/2009, a doação, segundo o Governo, se faz necessária em razão do consistente projeto de modernização e ampliação elaborado pelo órgão donatário, que prevê a ampliação do seu parque fabril como pressuposto para sua colocação em nível de competitividade com o mercado farmacêutico do país. A iniciativa visa também possibilitar ao Lifesa condições de planejamento estratégico, implantação de modelo de gestão, formulação de políticas de capital humano e apoio à criação de escritório de gerenciamento de projetos futuros, serviços esses que já se encontram em grau de contratação pelo laboratório.

Conforme argumentou o governador José Maranhão na mensagem encaminhada à Assembleia Legislativa juntamente com o projeto, a ampliação almejada pelo Laboratório Industrial Farmacêutico abrangerá a produção de medicamentos cuja demanda nacional não vem sendo atendida convenientemente pelos laboratórios em funcionamento no país, de modo que vislumbra-se um excelente futuro comercial do Lifesa, perspectiva essa baseada em estudos mercadológicos desenvolvido por empresas especializadas.

Uma vez doado o imóvel, o Lifesa terá prazo de doze meses, contados a partir da publicação da lei, após ser sancionada pelo governador, para iniciar a reforma e efetiva implantação do seu parque fabril móvel, sob pena de o mesmo retornar ao acervo patrimonial do Estado.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.