Escritório de advogado da família de Kelton Marques sofre tentativa de arrombamento; veja

Um homem tentou arrombar o escritório do advogado Luiz Pereira, que representa a família do entregador de delivery Kelton Marques de Souza, de 33 anos, morto em um atropelamento no Retão de Manaíra na madrugada de 11 de setembro. Imagens de câmeras de segurança do local mostram o homem chutando a porta do escritório por volta das 4h20 desta quarta-feira, 22. Depois de várias chutes, o alarme soou e o bandido fugiu.

“Meu escritório é cheio de recursos de segurança. É alarme, sensor de presença, uma porta mais forte, barras e proteção, links de equipe de segurança com a Polícia Militar… e o cara do nada foi no meu escritório. Isso é muito estranho. Eu temo que tenha relação com o caso”, disse Luiz em entrevista ao programa Correio Debate, da 98 FM.

Apontado como responsável pelo atropelamento e morte de Kelton, o empresário Ruan Ferreira de Oliveira teve a prisão preventiva decretada, mas está foragido. Ontem, o advogado dele, Genival Veloso de França Filho convocou uma entrevista coletiva, mas foi desmarcada porque houve ameaça de protestos de motociclistas no escritório do advogado e, depois, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil seccional Paraíba, para onde a conversa de Genival com os jornalistas havia sido transferida.

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.