Em Campina, Maranhão afirma que Veneziano pode ser o vice em 2010

O governador José Maranhão declarou que o prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo (PMDB), pode ser o candidato à vice-governadoria nas eleições estaduais do próximo ano. O chefe do Executivo estadual também revelou que 32 prefeitos já aderiram ao governo, reforçando sua candidatura à reeleição. As declarações foram feitas domingo, após a 47ª Exposição Paraibana de Animais e Produtos Industrializados (Expapi), no Parque de Exposições Carlos Pessoa Filho, em Campina.

Veneziano, que estava em Brasília, foi representado pelo vice-prefeito campinense, José Luiz Júnior (PSC), que acompanhou o governador durante sua passagem pela Rainha da Borborema. Durante entrevista, ao ser indagado se o prefeito Veneziano seria um bom vice ou um bom candidato ao Senado, José Maranhão respondeu: “Veneziano é bom em qualquer posição, mas não poderia ser um vice melhor. É bom para a Paraíba, é bom para Campina Grande e é sobretudo uma aliança de futuro”.

José Luiz, no entanto, comentou que a decisão de ser candidato a um cargo eletivo em 2010 é uma decisão unilateral de Veneziano. No entanto, o vice assegura que está preparado para comandar o Executivo, na hipótese de o prefeito deixar a PMCG, a fim de concorrer a um cargo no pleito do próximo ano. Secretários e deputados também acompanharam o governador.  
      
Adesões – Maranhão também informou que já recebeu a adesão de 32 prefeitos ao seu governo e comentou que os apoios vão reforçar sua postulação a um novo mandato. “É importante cada apoio que a gente recebe, sobretudo um apoio qualificado de um prefeito, de um administrador público, de uma liderança respeitada. Nós contraímos uma responsabilidade de amparar projetos de interesse da área de atuação dessas lideranças, os prefeitos, nos seus respectivos municípios, e os parlamentares também”, frisou José Maranhão. 

Em relação aos deputados – estaduais ou federais – que planejam deixar o PSB para apoiá-lo, Maranhão disse que os receberá de braços abertos. “Nós temos com todos eles a melhor das relações. São nossos aliados, têm nos apoiado tanto os federais como os estaduais. Eles poderão ficar na legenda do PMDB e a juízo de cada um em outra legenda aliada do governo do Estado”, concluiu Maranhão.

Jornal da Paraíba

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.