Ednaldo nega existência de trem da alegria na Câmara de Santa Rita

O presidente da Câmara Municipal de Santa Rita, Ednaldo Pereira (PR), negou hoje, em entrevista ao Parlamentopb a existência de um trem da alegria na Casa, como foi denunciado pelo vereador Olavo de Baleia. Para Ednaldo, as afirmações de Olavo são de cunho político e fazem parte do comportamento de oposição sistemática à sua gestão: "Ele passou informações erradas. Eu tenho responsabilidade e não deixaria um funcionário receber salário se ele morasse nos Estados Unidos. Também não procede que os familiares de um contador estejam todos empregados. Um contador não tem acesso a esse tipo de nomeação. Quem nomeia os comissionados são os vereadores", disse.

Apesar disso, o Sagres do Tribunal de Contas confirma as informações repassadas por Olavo de Baleia. Segundo os dados repassados pela Câmara ao TCE, duas irmãs (Auricélia de França Santos Oliveira e Maria do Carmos dos Santos), além de uma sobrinha (Julianne da Silva Santos), uma cunhada (Jaqueline Andrade Palmeira) e um primo da esposa (Tibério Flávio Batista Palmeira) do contador Fábio Cosme dos Santos estão prestando serviços ao legislativo municipal de Santa Rita. Segundo Olavo, Tibério atualmente mora nos Estados Unidos.

"O que está no Sagres foi o que nós colocamos, mas eu não tenho conhecimento de irregularidade nenhuma. Já recebemos a visita de representantes do TCE e atestamos que não praticamos nepotismo. Essas denúncias são improcedentes. É pura conversa da oposição", disse Ednaldo.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.