Edileide Vilaça estreia como apresentadora no Jornal da Rádio Câmara

A jornalista Edileide Vilaça estreia como apresentadora do jornal da Rádio Câmara de João Pessoa (88.7 FM), nesta segunda-feira (17). O programa vai ar de segunda a sexta-feira, a partir das 12h30 e, com uma hora de duração, aborda os principais assuntos discutidos no Legislativo Pessoense. Além da cobertura das pautas parlamentares e dos eventos da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), o informativo ainda recebe vereadores, gestores públicos e representantes da sociedade civil e organizada para entrevistas.

“É uma honra substituir Cláudia Carvalho, dando continuidade ao trabalho que ela estava exercendo na apresentação do Jornal da Rádio Câmara. Recebi um presente, pois estou retornando ao rádio e ao jornalismo legislativo, duas áreas em que me realizo, após dois anos como assessora no Senado”, observou Edileide Vilaça, que já compôs o quadro de servidores da CMJP anteriormente, como assessora parlamentar. Nativa do rádio e com trabalhos acadêmicos na área, a apresentadora destacou as vertentes cidadã, social e educativa que a comunicação legislativa tem.

Edileide Vilaça é natural de Cajazeiras e recebeu, em 2014, o Título de Cidadã Pessoense da CMJP. Sua trajetória profissional iniciou aos 16 anos, na rádio Patamuté FM. Formou-se em Comunicação Social/Jornalismo, na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), onde também fez pós-graduação em Língua Portuguesa (Linguística) e se tornou mestra em Jornalismo.

Na Capital, Edileide Vilaça atuou na TV Tambaú; Rádio e TV Correio; Rádio e TV Arapuan; TV Cidade João Pessoa; Rádio Tabajara FM; e Rádio CBN João Pessoa. Também foi repórter correspondente da TV Justiça de Brasília, integrou a equipe da Ativaweb (TV pela internet) e atuou como assessora de imprensa do segmento político.

Em sua carreira, acumulou alguns prêmios. Foi primeiro lugar, na categoria Radiojornalismo, do concurso Nacional ‘Prêmio BNB de Jornalismo’ e finalista do ‘Prêmio Ayrton Senna de Jornalismo’. Conquistou por três vezes o Prêmio ‘AETC-JP de jornalismo’ e também ganhou o prêmio ‘Mulheres fazendo História, patrimônio da Cidade 2009’.

Comentários