Dono de rádio e jornal é morto em Pernambuco

O empresário de comunicação e radialista José Givonaldo Vieira, 40, foi assassinado a tiros, ontem em Bezerros (a 100 km de Recife, PE), ao chegar para trabalhar na rádio Bezerros FM, de sua propriedade.

Vieira, que também era dono do jornal "Folha do Agreste", foi atingido por pelo menos três tiros disparados por dois homens não identificados.

A Polícia Civil, que investiga o caso, desconhece a causa do crime, mas suspeita que a ação foi premeditada. Os assassinos fugiram sem roubar nada.

O empresário foi morto por volta das 7h30, na porta de entrada da rádio, que está localizada às margens da rodovia BR-232, principal via de acesso de Recife ao interior do Estado.

Segundo a polícia, testemunhas afirmaram que os assassinos estavam em um veículo Gol, de cor clara. Eles teriam se aproximado da vítima e atirado na sua cabeça, sem falar nada.

O radialista, que era casado e tinha dois filhos, foi levado para o hospital Jesus Pequenino, no centro de Bezerros, e transferido em seguida para a cidade vizinha de Caruaru (a 136 km de Recife), onde chegou morto.

O crime teve grande repercussão na região, onde o empresário era conhecido também por ser dono da banda de forró "Caubóis do Nordeste".

O corpo de Vieira foi necropsiado no IML (Instituto de Medicina Legal) de Caruaru e seria velado na Câmara Municipal de Bezerros. O enterro está marcado para as 9h de hoje.

Agência Folha

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.