Domiciano afirma que só ficou no DEM com garantia de apoiar Ricardo

O vice-prefeito de Bayeux, Domiciano Cabral (DEM), afirmou que apenas permaneceu no diretório dos Democratas porque teria recebido a garantia do partido a respeito do apoio à candidatura de Ricardo Coutinho (PSB) ao Governo do Estado. Segundo ele, a decisão de deixar a legenda foi debelada com o aval do próprio Ricardo.

Domiciano explicou que queria deixar os Democratas e migrar para o PSB por causa do coeficiente eleitoral.

A fala de Domiciano reforça as cobranças recentes feitas pelo senador Efraim Morais a respeito de uma definição do grupo de oposição até a primeira quinzena de dezembro.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.