Diretor do MPM isenta Cartaxo e critica Marcos Barros

A propósito das denúncias veiculadas pelo presidente da Câmara Municipal de Cajazeiras, Marcos Barros (PSDB), o diretor do Movimento pela Moradia, Nabal Barreto, entrou em contato com o Parlamentopb para dizer que os manifestantes responsáveis pela invasão das casas construídas pela Cehap no município não são custeados por políticos. Nabal acrescentou que o movimento é independente e criticou Barros por não ter preocupação com a situação dos sem teto.

Confira a nota de esclarecimento enviada por Nabal Barreto, que também é candidato a presidente do PT paraibano.

Nota de esclarecimento do MPM


Nós que fazemos o Movimento Pela Moradia (MPM) no estado da Paraíba – entidade filiada a União Nacional de Luta por Moradia – informamos que estamos expandido as nossas lutas por moradia no estado, tendo como prioridade agilizar o processo de aquisição de moradia dos Paraibanos e em especial neste caso a dos cajazeirenses. Acreditamos que é direito de todo o povo paraibano a moradia digna, porque, ENQUANTO MORAR FOR UM PRIVILEGIO OCUPAR É UM DIREITO!!! Políticos cajazeirenses, em especial o presidente da câmara o Sr. Marcos Barros, nunca se preocuparam com a população, que se viu obrigada a fazer ocupações para que a sociedade venha a se lembrar destes excluídos sociais sem teto. O MPM não é mantido por nenhum político e não utiliza-se de politicagens para suas ações, embora membros do movimento sejam filiados ao Partido dos Trabalhadores, isso não quer dizer que o movimento seja financiado pelos senhores Luciano Cartaxo (vice-governador) e Anísio Maia (superintendente do Ministério da Pesca na Paraíba) o movimento é independente de governos e de pessoas, é pela moradia digna e para todos que o MPM vai lutar em Cajazeiras e na região, para que o povo passe a ter moradia, os militantes que hoje se encontram na cidade vão continuar sendo mantidos financeiramente pelo movimento ate que se encontre uma liderança local, capaz de levar a luta pela Moradia adiante, doa a quem doer, a luta continuará.

Nabal Barreto
Diretor de Projetos do MPM

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.