Deputados voltam a discutir o retorno das sessões matutinas na AL

As discussões sobre a possibilidade de retorno das sessões da Assembleia Legislativa para o período da manhã devem voltar à tona no início da próximo semana. Hoje, o deputado Carlos Batinga (PSC), voltou a defender a proposta e afirmou que já tinha 20 assinaturas, mais de um terço dos 36 parlamentares, para apoiar a alteração no Regimento Interno da Casa.

Carlos Batinga já havia defendido no processo legislativo do ano passado o retorno das sessões para o horário da manhã, mas sempre encontrava resistência por parte da mesa diretora, presidida pelo deputado Arthur Cunha Lima (PSDB), eleito recentemente novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

O deputado Gervásio Filho, líder do Governo no Legislativo Estadual, concorda com a proposta de Batinga e lembra que a bancada de oposição que, na época era situação, modificou o Regimento e mudou o horário das sessões para evitar uma mídia mais acirrada em cima do Governo de Cássio Cunha Lima.

“A estratégia foi utilizada, na época, para que a administração do ex-governador Cássio Cunha Lima não fosse alvo de notíicias negativas no horário de pique da mídia que é sempre ao meio dia. Por isso, eles passaram as sessões para o período da tarde, evitando assim, uma repercussão maior e mais forte das coisas negativas do governo anterior e da atuação de sua bancada nos mais variados meios de comunicação”, contou.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.