Deputados querem usar dinheiro da nova sede para compensar verba social

O presidente da Assembleia Legislativa, Arthur Cunha Lima (PSDB), reuniu-se no final da manhã de hoje com os demais deputados no Hotel Quality, no Cabo Branco, para discutir uma alternativa para o bloqueio de cerca de R$ 8 milhões referentes à verba social, bloqueada por uma decisão do ministro César Peluso em atendimento a uma ação direta de inconstitucionalidade (Adin) impetrada pelo Governo do Estado.

Em meio à reunião, alguns deputados sugeriram a Arthur que use os R$ 10 milhões previstos no orçamento do legislativo para a construção da nova sede do legislativo para compensar as perdas. Os parlamentares e o próprio Arthur alegam que na rubrica da verba social se encontravam os recursos referentes às verbas de apoio ao exercício parlamentar, comuns a todos os 36 deputados estaduais paraibanos.

O grupo defende que o dinheiro seja remanejado para suprir o bloqueio da verba social porque o montante não seria suficiente para a construção da nova sede. Mesmo assim, para que seja enviado a outra rubrica e possa chegar aos 36 deputados, é preciso que haja autorização do governador do Estado, José Maranhão (PMDB).

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.