Deputado pedetista discorda de Lupi e pede que filiados sejam ouvidos

O deputado estadual Manoel Ludgério (PDT) reagiu hoje à declaração do presidente nacional de seu partido, Carlos Lupi, sobre a tendência de apoio da legenda à candidatura de José Maranhão (PMDB) ao Governo em 2010. Ludgério, que foi líder da bancada de apoio a Cássio Cunha Lima (PSDB) discorda e diz que os deputados, prefeitos e vereadores pedetistas devem ser ouvidos pela cúpula partidária antes de decidir que rumo a sigla vai tomar nas eleições do ano que vem:

"Lupi e Damião precisam ouvir toda a base partidária antes de qualquer decisão. O partido tem deputados, prefeitos, vereadores e muitos filiados na Paraíba. Todos têm o direito de opinar. Confio que não haverá decisão de cima para baixo", disse o parlamentar.

As declarações de Ludgério foram uma reação à entrevista dada por Lupi no Palácio da Redenção, onde ele disse que a tendência do PDT é de firmar aliança com José Maranhão. O presidente licenciado do PDT declarou que o dirigente estadual do partido, Damião Feliciano, está começando esse diálogo com o governador peemedebista.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.