Delegado diz que objetivo da polícia é encontrar Padre Gilmar com vida

 

Continuam as investigações sobre o desaparecimento do Padre Gilmar, da Paróquia de Santa Teresinha, no Róger. O delegado responsável pelo caso, Victor Melo, disse que nenhuma linha de investigação está descartada.

O delegado disse que a Polícia trabalha para encontrar o padre com vida.

“Nossa maior esperança, nosso maior objetivo hoje, da Polícia Civil, é encontrar o padre com vida”, disse Victor Melo.

A polícia já ouviu pelo menos seis pessoas próximas ao Padre Gilmar, que está desaparecido desde o final da manhã de terça-feira (13).

De acordo com o vigário geral da Arquidiocese da Paraíba, Luís Júnior, Padre Gilmar saiu para acompanhar um velório, mas não chegou ao local e não foi localizado até agora.

Pouco depois do meio-dia ele enviou uma mensagem para um amigo da paróquia pedindo ajuda. A mensagem, só vista pelo amigo às 15h, dizia apenas “socorro”.

O secretário da Paróquia, Thiago Melo, disse que Padre Gilmar é de São Paulo e está na Paraíba desde janeiro. Ele disse que o padre recebeu um chamado para execução de exéquias (cerimônia fúnebre), mas não soube informar que família teria chamado e onde seria o velório.

Um Boletim de Ocorrência foi registrado na Delegacia de Homicídios de João Pessoa e a Polícia Civil está investigando o caso, tentando localizar o padre rastreando seu celular.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que imagens de uma câmera interna do posto da PRF em Mata Redonda mostram um veículo com as características semelhantes ao usado pelo padre passando pelo local no sentido Recife (PE).

As iniciais da placa do veículo também seriam as mesmas. No entanto, segundo a PRF, não dá para afirmar ainda categoricamente que é o mesmo carro utilizado pelo padre, uma vez que as imagens não são claras.

Padre desaparece em João Pessoa; ele enviou mensagem com pedido de socorro

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.