Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Curtas paraibanos revisitados em duas mostras no Brasil e Estados Unidos

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Dos cinco curtas-metragens selecionados para a 13ª Mostra de Cinema e Direitos Humanos em cartaz em 26 capitais e Distrito Federal, além de cidades do interior e em plataforma online, um tem 12 anos de realização: “A poeira dos pequenos segredos (2012), do autor desta coluna. Este ano a mostra tem como tema “Vencer o ódio, semear horizontes”. Por sua vez, em ‘A onda de filmes Queer em Super-8 da Paraíba’ retoma esta semana em reprise no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio, e, em maio (dia 17) será a vez da cidade de Nova Iorque conhecer essa ousada produção cinematográfica na bitola Super-8 da Paraíba.   Os filmes desta mostra já foram exibidos o ano passado na Cinemateca Brasileira, em São Paulo, no Cinema Santa Tereza, em Belo Horizonte, no Centro Cultural Banco do Nordeste, em Fortaleza, e no Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro, em João Pessoa.

As obras, restauradas e transformadas em arquivo DCP para serem exibidas em salas profissionais, são ‘Perequeté’ (1981), de Bertand Lira; ‘Closes’ (1982), de Pedro Nunes, Baltazar da Lomba’ (1982), do grupo de ativismo gay Nós Também – criado por artistas, estudantes e professores universitários – Era vermelho seu batom’ (1983), de Henrique Magalhães; e Miserere Nobis’ (1982), de Lauro Nascimento. O que era rotulado, à época, de “cinema guei” passou a ser alcunhado de “queer” pelo curador William Plotnick, estadunidense residente no Brasil.

Esse resgate se deve ao valoroso trabalho da equipe do projeto Cinelimite, uma associação sem fins lucrativos, criada em 2020, que exibiu no passado, pela primeira vez no Brasil, toda a produção digitalizada nos últimos dois anos, projeto de  uma associação sem fins lucrativos, criada em 2020, com o objetivo de restaurar e exibir esses filmes pelos Estados Unidos, Europa, Ásia e América Latina, em festivais de cinema, cineclubes universitários e salas de cinema alternativas.

A ação da Cinelimite tem a participação da Associação Brasileira de Preservação Audiovisual (ABPA) e da Iniciativa de Digitalização de Filmes Brasileiros (IDFB), sob a supervisão do Diretor executivo da Cinelimite, o estadunidense William Cardoso-Plotnick, que mobilizou uma equipe de entusiastas: Glênis Cardoso (IDFB/Cinelimite), Matheus Pestana (Cinelimite), Laura Batitucci (IDFB/Cinelimite/ABPA), Débora Butruce (ABPA), e Nátalia de Castro Soares (ABPA),

O “cinema guei” gerou controvérsias, mas sua importância foi reconhecida ainda naquele momento pela ousadia no contexto político e social em que surgiu, contribuindo de certa forma, para tornar o super-8 um cinema respeitado entre aqueles que, até então, duvidavam de sua seriedade. ‘Perequeté’, por exemplo, é o retrato de um artista, o ator e dançarino Francisco Marto, atualmente radicado em Nova York, que fala abertamente, pela primeira vez num filme paraibano, do preconceito sofrido por sua orientação sexual e sua inserção no mundo artístico.

O curador da sala de cinema do Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro, Paulo Sousa, ampliou essa mostra exclusivamente de filmes super-8 paraibanos dos anos 1980 para uma mostra mais abrangente com filmes nordestinos com a temática LGBTQIAPN+ mais recente. E tem reprise esta semana, dia 23 às 18h, no CCBB-Rio. Em Nova Iorque, a mostra ‘A onda de filmes Queer em Super-8 da Paraíba’ será exibida na sala Anthology Film Archives em Manhattan. O Anthology Film Archives é um centro internacional de preservação, estudo e exibições de filmes e vídeos, com foco especial no cinema independente, experimental e de vanguarda.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Arthur Urso leva “esposas” para passear sem roupa íntima na orla de João Pessoa

Professores da UFPB desistem de candidatura e apoiam Terezinha e Mônica

Anteriores

dracodrogas (1)

Homem é preso com 25 kg de cocaína na BR 230 entre Campina e João Pessoa

jhonyamigos

Irmão e aliados de Romero prestigiam corrida ao lado de Jhony Bezerra em Campina

serie misterio no seridó_ator itame jr

Ator de novelas da Globo grava série independente na Paraíba

vacina FOTO Secom PB

Paraíba aplicou 68,7 mil doses no “Dia D contra a Influenza e Multivacinação”

costureira FOTO Pixabay

Sine-PB oferta 471 vagas de emprego em 12 municípios paraibanos

dinheiro_real FOTO Pixabay

Bancos promovem mutirão de negociação financeira até esta segunda-feira

giroflex sirene FOTO Pixabay

Embarcação é encontrada no Pará com vários corpos em decomposição

Bilhetes de aposta da mega-sena

Paraíba tem 35 apostas ganhadoras na Mega-Sena

jerusalem_israel FOTO Pixabay

Brasil pede esforço internacional para conter tensão no Oriente Médio

torneira agua cozinha FOTO Pixabay

Fornecimento de água começa a ser retomado em bairros mais altos de Santa Rita