Crise causada pelo coronavírus ainda afeta faturamento de 73% dos pequenos negócios na PB

A crise causada pelo novo coronavírus ainda está afetando o faturamento de 73% dos pequenos negócios na Paraíba, de acordo com pesquisa divulgada nesta quarta-feira (21) pelo Sebrae, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas. Os dados ainda apontam que a variação média no faturamento das empresas do estado foi de queda de 32%.

A pesquisa foi realizada entre os últimos dias 28 de setembro e primeiro de outubro e contou com 6033 respondentes de todos os estados e Distrito Federal.

A pesquisa também apontou que 44% dos pequenos negócios paraibanos ainda têm dificuldades para manter seu negócio, enquanto que 33% responderam que os desafios provocaram mudanças que foram valiosas para os seus negócios; 13% afirmaram estar animados com as novas oportunidades; e 10% acreditam que o pior já passou.

A gerente da unidade de gestão estratégica e monitoramento do Sebrae Paraíba, Ivani Costa, destaca que embora muitos digam que estamos vivendo o “novo normal”, os dados da pesquisa demonstram que estamos vivendo uma “nova realidade”, e essa nos leva a buscar compreender o status atual dos negócios e novas necessidades dos clientes. “É hora de buscar conhecimentos e habilidades para se transformar diariamente, evoluir constantemente e lidar com os desafios que surgiram com a pandemia”, aponta.

Expectativa – Os dados ainda apontam que, na Paraíba, a expectativa é de que a economia demore nove meses para voltar ao normal. Um total de 56% dos respondentes afirmaram acreditar que menos da metade dos clientes irá voltar em 30 dias, enquanto 44% afirmaram que acreditam que mais da metade dos clientes voltará no mesmo período.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.