Crimes hediondos serão discutidos em Fórum de Psicologia Jurídica

A evolução dos crimes hediondos, a interpretação do Supremo Tribunal Federal sobre o assunto e as possibilidades de progressão de pena são alguns dos temas que serão expostos na programação do I Fórum de Psicologia Jurídica e Forense, que será realizado nos dias 21 e 22 de maio no auditório do Fórum Cível de João Pessoa.

O advogado Ricardo Sérvulo Fonseca falará sobre os crimes hediondos e vai usar como exemplos a Chacina do Rangel, uma tragédia que vitimou sete pessoas no ano passado, além do caso da Família Ramalho, morta em uma colisão de trânsito causada por um motorista embriagado.

Além de Sérvulo, o Fórum ainda prevê a participação do psicólogo e policial federal aposentado Deusimar Guedes, que vai falar sobre "As drogas e o comportamento criminal" e da psicóloga Ádala Nayana de Sousa, responsável pelo tema "Perfil do Criminoso".

Mais informações podem ser obtidas clicando aqui

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.