Coordenador de Bolsonaro na PB diz que eleitorado de Haddad é “volume morto”

O coordenador da campanha de Jair Bolsonaro (PSL) à presidência da República na Paraíba, Julian Lemos chamou o eleitorado de Fernando Haddad de “volume morto” por conta da vinda do candidato petista neste final de semana a João Pessoa. Julian foi eleito deputado federal no último dia 7 de outubro.

Ao contrário dos que acreditam numa virada de votos sobre Bolsonaro, Lemos ironizou a possibilidade neste últimos dias que antecedem o pleito.

“A ajuda que o Haddad terá da Paraíba me faz lembrar o açude de Boqueirão, que ficou com um volume morto remanescente do manancial que tinha, é exatamente o volume do eleitorado que PT tem na região nordeste”, disse.

Segundo Julian Lemos, eleito deputado federal com quase 72 mil votos, o PT não consegue mais “expandir suas mentiras” em outros centros e usa a região nordeste ainda através de uma força descomunal, brutal e desleal da máquina administrativa onde ainda existem governadores aliados dele.

“Isso é notório e estamos tomando medidas judiciais em relação a isso. Então, o Haddad só vai para esse ambientes onde ele ainda pode respirar um pouquinho, nesse volume morte, mas isso não muda a nossa garra e o povo já se conectou com a verdade. Os ex-aliados já disseram na cara dele que será derrotado porque o PT vem se utilizando da mentira, do medo, dos fakes News para prorrogar a morte do partido”, completou.

Agenda de Haddad – Em João Pessoa, Fernando Haddad estará junto com o governador Ricardo Coutinho (PSB), a vice-governadora Ligia Feliciano (PDT), o governador eleito, João Azêvedo(PSB), o Deputado Federal Luiz Couto (PT) e o Deputado Federal eleito Frei Anastácio (PT) em uma caminhada às 9 horas pelo Centro de João Pessoa. A concentração será em frente ao Lyceu Paraibano .

Com Paraiba Online

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.