Complicações de cirurgia causam morte de Manelito Vilar, primo de Ariano Suassuna

Morreu nesta terça-feira (28), o engenheiro e fazendeiro Manoel Dantas Vilar, conhecido como “Manelito”, que era primo de Ariano Suassuna. Ele tinha 83 anos e faleceu em Campina Grande, devido a complicações de uma cirurgia de urgência para a retirada da vesícula à qual foi submetido no último sábado, 26.

Manelito era viúvo e deixa cinco filhos e dez netos. Ele residia na fazenda Carnaúba, em Taperoá, onde serão realizados o velório e o sepultamento. O velório acontecerá a partir das 15h, na Fazenda Carnaúba e o sepultamento deve ocorrer às 9h desta quarta-feira, 29, no cemitério de Taperoá.

A Fazenda Carnaúba é conhecida pela produção dos queijos Grupiara, exportados para vários estados do Brasil. A ideia de investir nos laticínios partiu do escritor Ariano Suassuna que financiou o início dos negócios.

Visão empreendedora

A Frente Parlamentar do Empreendedorismo e Desenvolvimento Econômico da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), presidida pelo deputado Eduardo Carneiro (PRTB), lamentou nesta terça-feira (28), a morte do professor e empreendedor Manoel Dantas Vilar.

De acordo com Eduardo, Manelito mostrou para o mundo como ser um empreendedor de sucesso, mesmo com todas as adversidades apresentadas ao homem do semiárido, transformando a Fazenda Caraúbas em uma referência mundial em genética de caprinos, ovinos e bovinos, além da produção de queijos, vendidos em delicatessens, lojas especializadas e mercados espalhados pelo Brasil.

“Manelito nos deixa um legado e uma lição importante de como empreender mesmo na adversidade, com criatividade e persistência. Em nome da Frente Parlamentar do Empreendedorismo e Desenvolvimento Econômico da Assembleia Legislativa da Paraíba, deixo votos de pesar à família e amigos por essa perda irreparável para o nosso Estado”, disse Eduardo Carneiro.

O deputado lembrou ainda que todos os anos a fazenda Carnaúba realiza seu Dia D, onde as portas são abertas para visitas de campo. Diante das adversidades do semiárido, palestras sobre o uso da palma forrageira e outras soluções atraem os participantes. Paralelamente, há exposição e venda de animais e uma ampla programação cultural voltada para produtores rurais.

Estudioso do Semiárido

O deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) também lamentou a morte de Manoel Dantas Vilar. Para Tovar, Manelito foi o grande responsável, ao lado de Ariano Suassuna, em levar o nome da Paraíba e da Fazenda Carnaúba para o mundo pela referência nacional em genética de caprinos, ovinos e bovinos, além da produção de queijos.

“Lamentamos a morte do nosso amigo Manelito que era o maior estudioso do Semiárido e crítico ferrenho das políticas públicas adotadas de forma oficial para a região. Deixo o meu mais profundo pesar à família e amigos por essa grande perda para todos nós paraibanos”, destacou Tovar.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.