Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Cidade Viva promove workshop com exposição das ações sociais neste sábado

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Uma exposição ampliada com todos os ministérios da área de ação social da Cidade Viva será realizada neste sábado (13), na igreja Cidade Viva Altiplano, em João Pessoa. Denominado de workshop “Ame & Sirva”, o evento, que começa a partir das 14h e vai reunir 12 ministérios que integram o Núcleo de Cuidado Comunitário da Fundação Cidade Viva, quer contagiar novos voluntários para ampliar os serviços para aqueles que mais precisam na sociedade.

As inscrições para participar do workshop “Ame & Sirva são gratuitas, mas é necessário fazer o preenchimento do cadastro no site. Além da exposição das ações sociais, o workshop contará ainda com quatro mini palestras dos pastores da Cidade Viva Brasília, Saulo Ribeiro, da Cidade Viva Altiplano, José Marcelo, da Cidade Viva Zona Sul, Moisés Lima, e do bispo da Igreja Anglicana Comunhão, Márcio Meira.

Onde servir

Os serviços prestados, via Núcleo Cuidado Comunitário da Fundação Cidade Viva, que engajam centenas de voluntários, são voltados para uma série de segmentos sociais e públicos que estão em situação de vulnerabilidade ou para grupos invisíveis socialmente, tendo como foco também a evangelização. O Núcleo engloba ministérios junto aos moradores em situação de rua; à assistência e ressocialização de apenados nos presídios (masculino e feminino); aos enfermos em hospitais, à comunidade de surdos; às mães que estão em luto; aos dependentes químicos e aos seus familiares (codependentes); às crianças, adolescentes e idosos que se encontram em instituições de longa permanência; à prestação de serviço odontológico; à promoção da consciência e da educação ambiental, incluindo os catadores de lixo e de materiais recicláveis; à promoção de práticas esportivas para o bem estar e o cuidado com o corpo, tendo como alvo crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social; e à promoção da qualidade de vida biológica, psicológica, social e espiritual dos idosos.

Área social está na origem da Cidade Viva

Um dos coordenadores do Núcleo de Cuidado Comunitário da Fundação Cidade Viva, Moisés Lima, revelou que na história de 20 anos do Projeto Cidade Viva, as questões sociais sempre estiveram no centro de suas ações, sobretudo, para os mais vulneráveis. “A origem do Projeto Cidade Viva começou com o serviço voltado aos dependentes químicos com uma casa de recuperação. Depois, o pastor Sérgio, idealizador do Projeto Cidade Viva, entendeu que a igreja precisava ser abrangente em todas as outras áreas que havia necessidade da cidade como abrigos de longa permanência para crianças, adolescentes e idosos, apenados, esporte, meio ambiente, comunidade surda, serviços de saúde. A Fundação Cidade Viva foi criada em 2008 com objetivo promover a restauração da dignidade do ser humano e o desenvolvimento de suas potencialidades daqueles que estavam fora da igreja, pois essa, na verdade, é a missão da igreja, de ser braço da comunidade, dar alimento a quem tem fome, de ajudar ao necessitado”, apontou.

Segundo Moisés, o workshop Ame & Sirva vai possibilitar “uma grande exposição de todos trabalhos voluntários realizados pela Fundação Cidade Viva, por meio do Núcleo Cuidado Comunitário, mostrando de forma detalhada como e onde as equipes desses ministérios atuam em prol dos mais vulneráveis por meio dos ministérios do Núcleo Cuidado Comunitário e de todos os trabalhos voluntários”, resumiu.

Oportunidade de engajamento

Durante o evento, segundo Moisés, haverá uma momento para agradecer a todos os voluntários que estão engajados. “Somos atualmente quase 2,5 mil voluntários nos serviços desses ministérios. Contudo, o workshop será uma oportunidade muito mais ampla e detalhada daqueles que frequentam a igreja e ainda não fazem algum trabalho voluntário de participar de forma ativa de algum dos ministérios sociais ou também para aqueles que não fazem parte da igreja, mas querem servir de forma voluntária estaremos neste sábado, a partir das 14h, esperando para essa grande exposição”, convidou.

Áreas da fundação

A Como forma de dinamizar a ação social do ‘Projeto Cidade Viva’, foi criada a Fundação Cidade Viva (FCV) no ano de 2008. A Fundação, que tem a responsabilidade da ação social integral da Cidade Viva, busca promover a restauração da dignidade do ser humano e o desenvolvimento de suas potencialidades, tendo como atuação, por meio do Núcleo de Cuidado Comunitário, sete eixos: Apoio à família; Educação, esporte e cultura; Saúde; Geração de emprego e renda; Meio ambiente; Promoção da ética, direito, cidadania; e os Valores cristãos. Mais informações no perfil @fundacaocidadeviva.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

‘Festa da Adoção’ tenta aproximar crianças e adolescentes de pessoas aptas a adotar

Presidente do PT é acusado de cometer etarismo contra Luiz Couto

Anteriores

sergioequeoriga

“Quero Quero” e o discurso contraditório do “agora é oficial”

gleisi1

PT deve anunciar na segunda que postura adotará nas eleições deste ano

matheusmnachtergaele

FestincineJP: saiba tudo sobre festival que vai exibir 42 filmes gratuitos

farmaciairregular (1)

Farmácias irregulares são interditadas em Araruna e Cacimba de Dentro

vacina seringa FOTO Pixabay

Paraíba registra sexta maior taxa de vacinação contra a Covid-19, no primeiro trimestre de 2023

arroz FOTO marcello casal jr agencia brasil

Governo Federal autoriza compra de 1 milhão de toneladas de arroz

chuva FOTO Pixabay

Inmet alerta para chuvas intensas na Grande João Pessoa e Litoral Norte e Sul

atos golpistas 8 de janeiro FOTO marcelo camargo agencia brasil

PRF prende envolvido nos atos golpistas de 8 de janeiro que tentava fugir para a Argentina

preso FOTO Pixabay

Suspeito de aplicar golpe em venda de carro na Paraíba é preso em Maceió

quina sao joao FOTO marcello casal jr agencia brasil

Mega-Sena sorteia prêmio R$ 47 milhões e começam apostas da Quina de São João