Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Cícero autoriza obras no Mercado do Rangel e anuncia projetos para o Mercado Central e Feira de Oitizeiro

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Depois de Cruz das Armas e Valentina, o prefeito Cícero Lucena também autorizou o início das obras de ampliação e requalificação total do Mercado Público do Rangel, que vai ganhar uma praça de alimentação e adequação dos espaços, para melhorar as condições de trabalho dos comerciantes e acesso da população. A ordem de serviço foi assinada na manhã desta quarta-feira (22).

Nesse planejamento dos mercados, a gestão municipal já entregou a primeira etapa do Marcado Público do Castelo Brando, está sendo finalizado o Mercado do Bessa, com obras em andamento em Cruz das Armas, e em licitação para o do Bairro dos Estados e Mangabeira. O gestor disse que a Prefeitura vai seguir avançando, com projetos previstos para o Mercado Central e Feira de Oitizeiro, somando mais de R$ 50 milhões em investimentos.

“Estamos seguindo um planejamento que vai nos permitir transformar os nossos mercados e as nossas feiras em espaços de convivência para aqueles que trabalham, os comerciantes, mas também para aqueles que vêm fazer a feira. Então, é um projeto que vai passar de R$ 50 milhões, mas que a passos largos nós vamos atingir esses objetivos”, disse o prefeito, que esteve acompanhado do vice, Leo Bezerra, e vários secretários.

Intervenções – O Mercado do Rangel terá a readequação completa do seu layout, com a setorização dos serviços comercializados, criação da praça da alimentação e banheiros, adequação da acessibilidade, recuperação da instalação elétrica e rede hidrossanitária, recuperação do piso, telhado, reforma da fachada e pintura geral. O investimento da Prefeitura é de R$ 5,8 milhões.

“É o cuidado e o zelo que se tem para entregar à comunidade um equipamento onde ela possa usufruir com qualidade, com tranquilidade, gerar emprego, renda, e também ser um ponto de encontro das famílias, da população. Então, é uma reforma completa e esse equipamento vai ficar completamente diferente do que ele é hoje – dotado de tudo aquilo que o mercado realmente precisa”, explicou o secretário de Planejamento, José William Montenegro.

Entre os comerciantes, Cleide Leite tem um boxe no Mercado do Rangel há cinco anos. Ela está feliz com o projeto de requalificação, destacando os banheiros e organização dos espaços como as principais necessidades. “Tanto para gente que trabalha quanto para os clientes, que precisam de um ambiente mais adequado e organizado”, afirmou a comerciante.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Arthur Urso leva “esposas” para passear sem roupa íntima na orla de João Pessoa

Professores da UFPB desistem de candidatura e apoiam Terezinha e Mônica

Anteriores

joaobenedito (1)

TJ aprova criação de mais sete vagas de desembargador na PB

emersonpanta

TCE imputa débito de R$ 2 milhões a Emerson Panta por contratação de advogados

17113967826601d7aec1edd_1711396782_3x2_lg

Moraes diz que não há evidências de que Bolsonaro buscou asilo na Embaixada da Hungria

daniellabsb (2)

Daniella Ribeiro será relatora do PL que reformula o Perse para turismo e eventos

cejuuscararuna (1)

Núcleo de Solução de Conflitos do TJ inaugura Centro em Araruna nesta quinta-feira

amiditce (2)

Amidi e TCE discutem mecanismos de transparência na publicidade institucional

society (1)

João Pessoa sediará Torneio de Futebol Society dos Corretores de Imóveis

leobandeira

TCE-PB dá 30 dias para prefeito concluir creche em Lucena

jacksonemarcos (1)

Presidente do PT da PB explica presença na PH: “O evento era do PSB, não do PP”

UFPB-entrada-683x388

UFPB terá urnas em todos os centros de ensino nesta quinta; veja locais