Centenas de peixes aparecem mortos na Lagoa do Parque Solon de Lucena

 

Centenas de peixes apareceram mortos na manhã desta segunda-feira (25) na Lagoa do Parque Solon de Lucena. De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente de João Pessoa (Semam), o fato ocorreu também no domingo (24). Em nota, a Semam informou que os técnicos da secretaria estão avaliando o que teria provocado a morte de peixes, entre este domingo e segunda-feira, mas algumas hipóteses já estão sendo discutidas.

De acordo com o zootécnico do Parque da Bica, Jair Azevedo, especialista em piscicultura, é preciso avaliar o que ocorreu, mas provavelmente há uma “eutropização” da água da Lagoa, que é o excesso de matéria orgânica (restos de animais e vegetais), reduzindo o nível de oxigênio da água, provocando a morte dos peixes. É possível também que haja uma superpopulação de peixes – os excrementos dos peixes também podem reduzir o nível de oxigênio da água.

Os técnicos vão coletar amostras da água e também dos peixes para que seja feita análise e só depois será possível saber o que pode ter provocado a morte dos peixes.

1 comentário

  • Percival Henriques de Souza Neto
    10:19

    Foi falta de oxigênio. Seja por qualquer um dos fatores citados. A solução é bem simples – liga a fonte central que esta cumpre este objetivo de oxigenar a agua.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.